São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Academias voltam com protocolo que prevê agendamento e distanciamento

Por Esportividade

Academia de ginástica (lewisgoodphotos/Pixabay)

O protocolo sanitário que garantirá a reabertura das academias na cidade de São Paulo já na segunda-feira (13) foi assinado na tarde de sexta-feira, 10 de julho de 2020, pelo prefeito Bruno Covas e por representantes do setor fitness. Os estabelecimentos poderão ser reabertos após flexibilização do Plano São Paulo, que previa essa retomada na quarta etapa, e a capital encontra-se na terceira. Por causa da pandemia de covid-19, foram quase quatro meses de fechamento.

Embora as academias de ginástica possam ficar abertas somente por seis horas diárias, cada uma escolherá seu próprio horário de funcionamento. O que está regulamentado é a necessidade de o aluno efetuar um agendamento antes de se dirigir ao local.

Todos deverão sujeitar-se à medição de temperatura antes de entrar. O uso de máscara será obrigatório em todos os ambientes. Cada aluno deverá ficar a, no mínimo, dois metros do outro durante a prática dos exercícios. O número total de pessoas dentro da academia não poderá ser maior que uma por oito metros quadrados. A higienização das áreas de treino e dos equipamentos deverá ser constante.

Esteiras da Bluefit (Divulgação/Bluefit)

Nas esteiras e bicicletas ergométricas, por exemplo, a cada uma que estiver em uso, a seguinte terá de estar vazia. A utilização de toalha e garrafinha próprias será solicitada aos esportistas.

A piscina terá de ser dividida por raias – de acordo com o nível de aprendizagem da turma. Para reduzir o número de alunos na piscina, recomenda-se diminuir a duração das aulas. As academias precisarão garantir a qualidade da água com “eletroporação e filtros químicos em alta concentração”. Os chuveiros dos vestiários não poderão ser usados.

Não agora: na etapa seguinte do Plano São Paulo, a quarta, a capacidade autorizada será de 50%, e as aulas coletivas vão ser permitidas, mas com distância mínima de dois metros entre os alunos.

Leia também:
Parques municipais de São Paulo são reabertos na segunda (13/7)
Parques estaduais, como Villa-Lobos, voltam a funcionar em 13/7

Deixe seu comentário