Guia de São Paulo - região metropolitana

Fechar

Nome

Modalidade

Localidade

Proximidade

Insira um CEP. Exemplo: 01310-000

Data

Intervalo de datas

Exemplo: 01/01/2013

Evento para

Gratuito

 

Evento para


Acontece na cidade

Paula e Hortência participam de bate-papo no Sesc Consolação; é de graça

Paula e Hortência juntas em 2016 (Célio Messias/Inovafoto)

Paula e Hortência juntas em 2016 (Célio Messias/Inovafoto)

As duas maiores jogadoras do basquete brasileiro, Paula e Hortência, participarão de um bate-papo sobre a situação da modalidade no Brasil. A opinião do experiente treinador Antônio Carlos Barbosa (agora é o gerente esportivo da CBB) também vai ser ouvida. O público assistirá ao debate de graça e poderá fazer perguntas aos três no Sesc Consolação, que fica na zona central da cidade de São Paulo, das 20h às 21h30 de 22 de agosto, terça-feira da próxima semana.

Enquanto os homens contam com um campeonato nacional forte (NBB) graças à criação de uma liga (LNB) e alguns jogadores da NBA, as mulheres, que já foram campeãs pan-americanas em 1991, mundiais em 1994, vice-campeãs olímpicas em 1996 e medalhistas de bronze em Sydney-2000, sofrem com falta de apoio e dinheiro, e o campeonato nacional (LBF) é disputado por poucas equipes. E a seleção feminina tem tido péssimos desempenhos, inclusive nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

O bate-papo faz parte da programação basqueteira do Sesc Consolação. Leia esta reportagem e entenda o que está exposto lá: Vitória do Brasil sobre EUA no Pan-87 ganha exposição no Sesc.

Sesc Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245
Telefone: 3234-3000



Compartilhar

Basquete show: Harlem Globetrotters vêm a SP; ingressos à venda em 21/7

Harlem Globetrotters (Divugalção)

Harlem Globetrotters (Divugalção)

Os Harlem Globetrotters, time de basquete que literalmente dá um show em quadra, passarão por São Paulo em 30 de setembro e 1º de outubro de 2017. Eles vão se apresentar por 90 minutos em duas sessões diárias, no sábado (às 15h e às 19h30) e no domingo (às 11h e às 18h), no histórico ginásio do Ibirapuera, na zona sul da capital paulista. Eles são um número fundado em 1926 nos Estados Unidos, em Chicago, Illinois, e estiveram na cidade há pouco mais de oito anos, em junho de 2009.

A venda de ingressos estará disponível para todos os espectadores a partir do dia 21 de julho de 2017 e será feita pela Tickets for Fun (clique aqui). As entradas inteiras custarão de R$ 80 a R$ 380 – meias-entradas poderão ser adquiridas por, no mínimo, R$ 40. Para o espectador evitar pagar a taxa de conveniência de 20%, ele deverá se dirigir ao Citibank Hall. Em compras realizadas pela internet, ainda existe a “taxa de e-ticket” de R$ 8.

Citibank Hall
Avenida das Nações Unidas, 17.955; Santo Amaro
Segunda-feira: bilheteria fechada
De terça-feira a sábado: das 12h às 20h
Domingo e feriados: das 13h às 20h

Assista a um vídeo que mostra o melhor dos Globetrotters em 2017:

Depois de São Paulo, os jogadores irão para Belo Horizonte, onde farão única apresentação no dia 05 de outubro, no Km de Vantagens Hall. Os Globetrotters se despedirão do público brasileiro com as apresentações no Rio de Janeiro, na Jeunesse Arena: uma no dia 6 e duas em 7 de outubro.



Compartilhar

Basquete: vitória do Brasil sobre EUA no Pan-87 ganha exposição no Sesc

Brasil, campeão pan-americano após vitória sobre Estados Unidos na casa do adversário (Arquivo CBB)

Brasil, campeão pan-americano após vitória sobre Estados Unidos na casa do adversário (CBB)

A surpreendente vitória da seleção brasileira masculina de basquete sobre os Estados Unidos há 30 anos, em pleno solo norte-americano, se tornou tema de uma exposição em São Paulo. De 4 de julho a 2 de setembro de 2017, o Sesc Consolação apresenta a “120 x 115: O ouro em Indianápolis“. A mostra retrata o que aconteceu naquele histórico dia  23 de agosto de 1987, em que o Brasil obteve a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianapólis-1987.

O jornalista Marcelo Duarte é o curador da exposição. Na época, ele tinha 22 anos e pouca experiência ainda. “Aquela era minha primeira cobertura de um evento esportivo internacional. Difícil imaginar que estávamos entrando para a história”, disse. Na ocasião, o Brasil foi aos vestiários no intervalo com 14 pontos de desvantagem (68 a 54) e incrivelmente virou o jogo.

A camisa usada por Guerrinha na final, a medalha de ouro do Sílvio e as munhequeiras com faixas verdes e amarelas de Paulo Villas Boas, além de fotos, vídeos, jogos interativos, jornais e revistas da época, apresentam ao público paulista a trajetória da equipe liderada por Ary Vidal e formada por André, Rolando, Cadum, Gérson, Guerrinha, Israel, Marcel, Maury, Oscar Schmidt, Paulinho, Pipoka e Sílvio nos Jogos Pan-Americanos-1987.

“Foi demais! Tenho o maior orgulho de ter participado daquele time, daquele grupo que era uma verdadeira família, companheiros que estavam ao meu lado em histórias maravilhosas e conquistas inesquecíveis”, afirmou Oscar Schmidt, cestinha. “Foi a maior alegria e a maior emoção da minha carreira na seleção ganhar aquela final quando ninguém apostava em nós.”

Atividades paralelas acontecem nas próximas semanas. São exemplos disso o bate-bola com o ex-pivô Rolando (quinta-feira, dia 6 de julho, das 18h30 às 20h), o bate-papo “A vitória em Indianápolis e o basquete brasileiro com José Medalha, Cadum e Paulinho Villas Boas” (terça-feira, dia 11 de julho, das 20h às 21h30), a clínica de basquete com Guerrinha (quinta-feira, dia 20 de julho, das 18h30 às 20h) e o bate-papo “Renovação do basquete brasileiro: como está a formação de nossos atletas? Com Eduardo Agra, César Guidetti e Fábio Antonio” (na terça-feira, 25 de julho, das 20h às 21h30).

Vídeo de apresentação da exposição:

Serviço:
“120 x 115: O ouro em Indianápolis”
Abertura: às 19h de 4 de julho de 2017
Visitação: de 5 de julho a 2 de setembro de 2017
De segunda-feira a sexta-feira: 10h às 21h30
Sábados: das 10h às 18h30
Livre
Gratuito

Sesc Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245
Telefone: 3234-3000



Compartilhar

Clube que deu origem ao São Paulo FC pode vencer NBB no Corinthians

Alex, do Bauru, é uma das estrelas das finais do NBB 9 (Fotojump/LNB)

Alex, do Bauru, é uma das estrelas das finais do NBB 9 (Fotojump/LNB)

Um fato curioso: um clube que deu origem ao São Paulo FC poderá ser campeão do NBB, principal campeonato de basquete do Brasil, em pleno ginásio do Corinthians, do Parque São Jorge, como mandante da partida. Se o Paulistano derrotar o Bauru no sábado, 10 de junho de 2017, conquistará um título inédito. O time da capital paulista lidera a série por 2 a 1.

O São Paulo Futebol Clube foi fundado em 1930 por “simpatizantes e ex-jogadores” (uma placa diz isso) do Club Athletico Paulistano e da Associação Atlética das Palmeiras. O vermelho são-paulino tem como origem justamente o vermelho paulistano. Ou seja, a história liga esses dois clubes, mas o mais antigo poderá escrever um novo capítulo da sua no ginásio de um rival.

São-paulinos ou não poderão torcer pelo tradicional clube dos Jardins, fundado em 1900, nas arquibancadas do ginásio Wlamir Marques, o do Parque São Jorge, na zona leste, a partir das 14h de sábado (10). Eles devem trocar 2 kg de alimentos não perecíveis por um ingresso. Eram retirados na portaria do ginásio Antônio Prado Júnior, na rua Colômbia, 77, nos Jardis.

Ingressos

Cada pessoa podia retirar no máximo dois ingressos após a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis por bilhete obtido. Segundo o site do Paulistano, os ingressos para não sócios do clube estão ESGOTADOS.

Já o ingresso para sócios do CA Paulistano deverá ser retirado na secretaria de Esportes do clube a partir das 14h de 7 de junho, quarta-feira, mediante a entrega de 2 kg de alimentos não perecíveis.

A final

Ala Eddy (#33) é um dos mais experientes do Paulistano (João Pires/LNB)

Ala Eddy (#33) é um dos mais experientes do Paulistano (João Pires/LNB)

O tradicional clube da capital paulista, que foi finalista do NBB 6, em que foi superado pelo Flamengo, tem na juventude de jogadores como Lucas Dias, Georginho e Yago sua maior força nesta temporada. O CAP classificou-se à final depois de uma série semifinal impecável: 3 a 0 sobre o Vitória. Gustavo de Conti ainda é o treinador paulistano.

A equipe do interior, que no NBB 7 e NBB 8 foi derrotada na decisão pelo Flamengo, é liderada dentro de quadra por Alex Garcia, mas ainda conta com Jefferson, Shilton e com Léo Meindl, por exemplo. Neste NBB 9, virou a série semifinal: de 2 a 0 a favor do Pinheiros para 3 a 2. Não é de hoje que o Bauru está bem: no ginásio Ibirapuera, em São Paulo, em 2015, o Bauru disputou a Copa Intercontinental, mas foi batido pelo grande Real Madrid. O treinador era Guerrinha; hoje, é Demétrius Ferracciú.

Nos dois primeiros jogos, duas vitórias do Paulistano: por 82 a 78 e 78 a 74. Porém, quando o time da capital poderia fechar a série, o Bauru obteve um triunfo por 90 a 79 e adiou a decisão.



Compartilhar

Ginásio do Parque São Jorge recebe final do NBB… Se chegar ao jogo 4

Ginásio do Parque São Jorge (Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Ginásio do Parque São Jorge (Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Se for necessário, o quarto jogo da final do NBB 9 será disputado no ginásio Wlamir Marques, o do Parque São Jorge, o do Corinthians, na zona leste de São Paulo. Embora não se saiba se realmente acontecerá, já existe uma data confirmada: dia 10 de junho de 2017, sábado, começando às 14h. Depende, porém, do que ocorrerá em quadra: para que haja essa partida, nenhum dos dois finalistas, Paulistano e Franca, pode fechar a série no terceiro duelo, em Araraquara. Mais incerto ainda, o quinto jogo também terá Araraquara como cidade-sede em 17 de junho de 2017, também um sábado.

O Paulistano reservou boa parte dos ingressos do primeiro confronto para seus sócios. Somente 25 pares de tíquetes, distribuídos por intermédio de concursos no Facebook, foram concedidos aos não associados. A alterativa será assistir à partida deste sábado pela televisão (Band e SporTV) a partir das 14h. O duelo seguinte será realizado no Panela de Pressão, em Bauru, às 19h30 de 2 de junho, sexta-feira.

A Liga Nacional de Basquete e o Paulistano, mandante do quarto jogo, ainda não definiram como será feita a venda de ingressos para a partida no Parque São Jorge. E o ginásio do Ibirapuera está impossibilitado de receber eventos esportivos por causa do Disney On Ice, que o ocupará de 31 de maio a 11 de junho ativamente, mas há o processo de montagem e desmontagem.

A final do NBB 9

Ala Eddy (#33) é um dos mais experientes do Paulistano (João Pires/LNB)

Ala Eddy (#33) é um dos mais experientes do Paulistano (João Pires/LNB)

O jovem time do Paulistano e o experiente elenco do Bauru começam a medir forças na tarde de 27 de maio de 2017, sábado, dia do primeiro jogo da final do NBB 9. Nesta temporada 2016/2017, até cinco partidas serão disputadas na decisão.

O tradicional clube da capital paulista, que foi finalista do NBB 6, em que foi superado pelo Flamengo, tem na juventude de jogadores como Lucas Dias, Georginho e Yago sua maior força nesta temporada. O CAP classificou-se à final depois de uma série semifinal impecável: 3 a 0 sobre o Vitória. Gustavo de Conti ainda é o treinador paulistano.

A equipe do interior, que no NBB 7 e NBB 8 foi derrotada na decisão pelo Flamengo, é liderada dentro de quadra por Alex Garcia, mas ainda conta com Jefferson, Gui Deodato e Léo Meindl, por exemplo. Neste NBB 9, virou a série semifinal: de 2 a 0 a favor do Pinheiros para 3 a 2. Não é de hoje que o Bauru está bem: no ginásio Ibirapuera, em São Paulo, em 2015, o Bauru disputou a Copa Intercontinental, mas foi batido pelo grande Real Madrid. O treinador era Guerrinha; hoje, é Demétrius Ferracciú.



Compartilhar

NBB: Pinheiros tenta no sábado fazer final com Paulistano; entrada gratuita

Holloway, jogador do Pinheiros (Ricardo Bufolin/ECP)

Holloway, jogador do Pinheiros (Ricardo Bufolin/ECP)

Sábado será um “dia D” do basquete da cidade de São Paulo. Uma vitória caseira do Esporte Clube Pinheiros sobre o Bauru resultará em uma final do NBB entre clubes da capital paulista, o que jamais aconteceu, uma vez que o Club Athletico Paulistano já está garantido na decisão.

Mas os pinheirenses ainda têm de “fazer sua parte”. Após eliminarem os flamenguistas de forma surpreendente, de virada na série, começaram as semifinais abrindo 2 a 0 de vantagem sobre o Bauru, mas foram derrotados no interior por 94 a 77. Voltarão a jogar em casa no sábado, dia 20, a partir das 14h.

O jogo que pode ser histórico terá entrada gratuita do público, mas, como o ginásio poliesportivo pinheirense é pequeno, é aconselhável que o torcedor chegue lá antes mesmo do meio-dia.

Se o Pinheiros bater o Bauru, estará na final do NBB 9, que será jogada em melhor de cinco partidas. O CA Paulistano, que já esteve em uma decisão de NBB, na sexta edição, eliminou o surpreendente Vitória depois de apenas três encontros.

Apesar de ser um clube de mais de cem anos de existência, o time do Paulistano nesta temporada 2016/2017 é repleto de jovens jogadores, e Yago foi o nome do jogo de domingo passado. Nas categorias de base, a rivalidade entre Pinheiros e Paulistano é intensa, e o duelo pode, é claro, ser chamado de clássico. O principal jogador pinheirense é Holloway, ex-Paulistano. Já o Bauru é a equipe do experiente Alex Garcia.



Compartilhar

NBA sem viagem: fãs assistem a jogos das finais em casa da liga na Paulista

Espaço terá entretenimento, memorabilia, food trucks etc (Divulgação / NBA Brasil)

Espaço terá entretenimento, memorabilia, food trucks etc (Divulgação/NBA Brasil)

Não será preciso sair de São Paulo para sentir um pouco do clima da NBA. O principal campeonato de basquete dos Estados Unidos apresentou a NBA Finals, sua “casa” na capital paulista durante o período da série decisiva da temporada 2016/2017 (Golden State Warriors Cleveland Cavaliers). Será o casarão da avenida Paulista, número 1.811 (estação Consolação), que recebeu em março ações da Nike.

O espaço temático será inaugurado no dia 1º de junho de 2017, quinta-feira, data do início da série melhor de sete, e ficará aberto até o último jogo (dia 18 de junho, um domingo, caso o confronto chegue a sete partidas), funcionando sempre à noite em datas de jogos (a partir das 20h) e durante o dia nos fins de semana (das 11h às 18h).

Com capacidade para até 1.000 pessoas simultaneamente, a casa de cerca de 1.500 m² vai promover viewing parties (festas para os telespectadores) e terá entrada gratuita para visitação, sendo um ponto de encontro para o público de todas as idades. A estimativa é que cerca de 25 mil pessoas passem pelo local no período.

No espaço, os fãs vão encontrar a NBA Store (loja oficial da liga), atividades interativas, food trucks e diversas telas para assistir a conteúdos exclusivos, inclusive um enorme painel de LED de 8 metros por 4 metros que exibirá as partidas da série decisiva.

Os visitantes ainda poderão participar de ações na quadra central. Um dos pontos altos será a exposição de memorabilia (itens históricos) da liga norte-americana, em que os fãs poderão ver de perto, pela primeira vez no Brasil, camisas autografadas de Michael Jordan, Magic Johnson, Larry Bird e Kobe Bryant, por exemplo, e tênis e bolas assinados por jogadores.

Para visitar o espaço em noites de jogo, o público terá de se inscrever pelo site www.nbafinals.com.br a fim de agendar a partida de sua preferência (a programação das finais tem jogos confirmados dias 1º, 4, 7 e 9 e, caso haja necessidade, dias 12, 15 e 18). A entrada aos fins de semana será gratuita, e o número de visitantes por dia será limitado.

Dias e horários

1º de junho – das 19h à 1h da manhã (público se cadastra pelo site www.nbafinals.com.br)
3 de junho – das 10h às 17h (aberto ao público para visitação)
4 de junho – das 10h às 17h (aberto ao público para visitação) / das 19h às 1h da manhã (cadastro)
7 de junho – das 19h às 1h da manhã (cadastro)
9 de junho – das 19h às 1h da manhã (cadastro)
10 de junho – das 10h às 17h (aberto ao público para visitação)
11 de junho – das 10h às 17h (aberto ao público para visitação)
12 de junho – a confirmar
15 de junho – a confirmar
17 de junho – a confirmar
18 de junho – a confirmar



Compartilhar

Jogo das Estrelas do NBB de 2017 homenageia históricos times de SP

Homenagem aos campeões de 1979 na parede do ginásio do Sírio (Esportividade)

Homenagem aos campeões de 1979 na parede do ginásio do Sírio (Esportividade)

O Jogo das Estrelas o NBB-2017 será marcado por uma homenagem da Liga Nacional de Basquete a duas das principais equipes da história do basquete nacional. Durante o evento festivo no ginásio da Ibirapuera, no domingo, dia 19 de março, a LNB homenageará o Esporte Clube Sírio e o Clube Atlético Monte Líbano, ambos da cidade de São Paulo.

Os dois clubes estarão representados no duelo entre NBB Brasil e NBB Mundo. A equipe brasileira vestirá a cor azul em alusão ao Monte Líbano, que foi vice-campeão mundial em 1985, e o time dos estrangeiros do NBB usará a cor vermelha em homenagem ao Sírio, campeão mundial em 1979 lá mesmo no Ibirapuera.

A LNB também homenageará os atletas que fizeram parte dessas históricas equipes e nomes como Marcel, Pipoka, Marquinhos, Maury, Marcelo Vido e Eduardo Agra estarão no ginásio do Ibira e receberão placas comemorativas durante a festa do basquete brasileiro.

Os ingressos estão esgotados. Saiba quais jogadores entrarão em quadra clicando aqui. A banda mineira Jota Quest fará o show do intervalo da partida.



Compartilhar

Jota Quest faz show no intervalo do Jogo das Estrelas-2017 no Ibirapuera

Ginásio do Ibirapuera (Esportividade)

Ginásio do Ibirapuera (Esportividade)

É tradição o show do intervalo do Super Bowl, a final da NFL, campeonato de futebol americano. Agora a Liga Nacional de Basquete (a LNB) oferece um no intervalo do Jogo das Estrelas do NBB deste ano de 2017. Os torcedores vão assistir a uma apresentação da banda mineira Jota Quest no dia 19 de março, domingo, no ginásio do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo.

“O Jogo das Estrelas está cada vez mais avançando quanto ao entretenimento fora da quadra. Teremos neste ano uma série de ativações no fim de semana e vamos fechar da melhor maneira com o show do Jota Quest, uma ação inédita e que aumenta ainda mais a proporção de evento”, afirmou o presidente da LNB, João Fernando Rossi.

“Entretenimento é a principal essência do Jogo das Estrelas do NBB Caixa, que ainda terá como opção de lazer ao público o espaço #JogaJunto, área localizada no complexo do ginásio com diversas atividades promovidas por intermédio de ativações dos patrocinadores do evento”, diz um comunicado enviado para a imprensa. “No #JogaJunto os fãs encontrarão brincadeiras e quadras com torneios de basquete, além de distribuição de brindes e sessões de autógrafos e fotos com os atletas. O espaço vai ser aberto na manhã de sábado (18/03) e funcionará também no domingo (19/03), dia do evento.”

Com início marcado para as 10 horas, a programação de domingo (19/03), vai começar com o Desafio de Habilidades, o Torneio de 3 Pontos e o Torneio de Enterradas. Ainda haverá Desafio das Celebridades e esperada partida entre brasileiros e estrangeiros do NBB.

Clique aqui e saiba como comprar seu ingresso; o único ainda disponível é de arquibancada superior, cuja entrada inteira sai por apenas R$ 10.



Compartilhar

Jogo das Estrelas do NBB-2017 tem ingressos mais baratos no Ibirapuera

Shamell, do Mogi, defendeu o MBB Mundo na edição anterior (Fotojump/LNB)

Shamell, do Mogi, defendeu o NBB Mundo na edição anterior (Fotojump/LNB)

O histórico ginásio do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, sedia um dos eventos mais esperados da temporada do basquete brasileiro, o Jogo das Estrelas do NBB, no dia 19 de março, domingo. O ginásio Geraldo José de Almeida, que completou 60 anos em janeiro, mais recentemente, no mês de setembro de 2015, recebeu dois jogos Real Madrid x Bauru, ao fim dos quais o time espanhol obteve o título da Copa Intercontinental-2015. Os ingressos começam a ser vendidos às 12h desta quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017.

O Jogo das Estrelas do Novo Basquete Brasil, o NBB, é um duelo entre os jogadores brasileiros e os estrangeiros que atuam no principal campeonato adulto masculino da modalidade no Brasil.

Ministério do Esporte autorizou a Liga Nacional de Basquete a captar até R$ 905.728,94 com a ajuda da Lei de Incentivo ao Esporte; no início de janeiro, já havia conseguido R$ 351.819,71, quantia que vai deixar de ser paga como Imposto de Renda pelos patrocinadores. Esse é o motivo pelo qual os ingressos têm baixo valor.

Ingressos esgotados

Os ingressos para o Jogo das Estrelas 2017 começaram a ser vendidos em 15 de fevereiro, quarta-feira, às 12 horas, e já estão ESGOTADOS. Link da comercialização era: https://goo.gl/fnYu5zOs preços dos ingressos para o Jogo das Estrelas-2017 eram:

Arquibancada: R$ 10 (R$ 5 meia-entrada)
Cadeira Inferior Azul: R$ 30 (R$ 15 meia-entrada)
Cadeira VIP de Quadra: R$ 200 (R$ 100 meia-entrada)

Os escolhidos

Após quase 65 mil votos na eleição popular realizada pela LNB, os mais votados foram os atletas do Mogi das Cruzes/Helbor Tyrone, com 45.019 votos, e Shamell, com 43.308. Do lado do NBB Brasil, o mais votado foi o Marquinhos, do Flamengo, com 33.325 votos, seguido por seu companheiro Marcelinho Machado, dono de 24.122.

Para o time dos brasileiros também foram eleitos Lucas Mariano, Deryk, Fúlvio e Giovannoni, do UniCeub/BRBCard/Brasília, Alex Garcia e Jefferson William, do Gocil/Bauru Basket, Olivinha (Flamengo), Davi (Solar Cearense) e os estreantes Georginho (Paulistano/Corpore) e Betinho (do Campo Mourão).

Já pela equipe dos estrangeiros os outros dez escolhidos foram: Drew Maynard e Scott Rodgers, do Minas Tênis Clube, Kenny Dawkins e Chris Hayes, do Universo/Vitória, Holloway (Pinheiros), David Jackson (Vasco), Enzo Cafferata (Liga Sorocabana), Daniel Hure (do Paulistano), Kendall Anthony (Macaé Basquete) e Hakeem Rollins (Flamengo).

Os titulares foram definidos em votação feita no GloboEsporte.com.

NBB Brasil

Marquinhos (Flamengo)
Olivinha (Flamengo)
Marcelinho (Flamengo)
Alex Garcia (Gocil/Bauru Basket)
Guilherme Giovannoni (UniCeub/BRBCard/Brasília)

NBB Mundo

Scott Rodgers (Minas Tênis Clube)
Shamell (Mogi das Cruzes/Helbor)
Tyrone (Mogi das Cruzes/Helbor)
David Jackson (Vasco da Gama)
Hakeem Rollins (Flamengo)

Bennett no lugar de Hayes no NBB Mundo

O elenco do NBB Mundo sofreu uma alteração. Lesionado, o ala/pivô norte-americano Chris Hayes, do Universo/Vitória, vai ficar ausente do Jogo das Estrelas e dará lugar ao seu compatriota Corderro Bennett, armador do EC Pinheiros. O atleta pinheirense foi o 13º atleta no ranking da votação para a partida (8.195 votos).



Compartilhar