São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Esporte 13/04/2020

Cenário do setor de eventos, ‘1º a parar por covid-19 e último a voltar’, é incerto

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

São Silvestre: túnel após a avenida Paulista (Esportividade)

Observação (feita às 12h36 de 17 de abril): o governador João Doria anunciou a prorrogação da quarentena: as restrições atuais valem até o dia 10 de maio.

Já ficou famosa a análise de que o setor de eventos “foi o primeiro a parar e será o último a voltar” em razão da pandemia do novo coronavírus. O bioeticista Zeke Emanuel disse ao jornal The New York Times que só vê possibilidade de grandes eventos a partir de setembro de 2021, e essa entrevista ganhou destaque na imprensa brasileira. Apesar dessa “visão pessimista”, o cenário é totalmente incerto.

Os governos estadual e municipal de São Paulo, por exemplo, trabalham com prazos de algumas semanas, e o deadline atual da quarentena é 22 de abril. Um pouco antes dessa data, anunciarão novas determinações. Ainda não publicaram medidas que possam dar uma noção do que acontecerá em maio, por exemplo.

Enquanto não há informações oficiais suficientes, surgem hipóteses para o setor do esporte participativo, que guarda semelhanças com o da cultura. Corridas de rua e shows talvez sejam liberados de forma gradual, de acordo com o número de participantes. Se a São Silvestre, cujo número total de inscritos em 2019 foi de 35 mil, fosse em julho de 2020, é quase certo que não poderia ocorrer.

Quando do retorno das corridas, podem vir a ser exigidos, por exemplo, o distanciamento entre pessoas no funil de largada e o incentivo à ida para casa logo após a chegada.

O que pode atrasar a volta das provas pedestres são os estudos sobre a disseminação do novo coronavírus ao ar livre – dependendo do que ficar cientificamente provado, não haverá como oferecer segurança aos atletas mesmo que se adotem todas as medidas de prevenção e que se evite o contato humano.

Como a tendência da covid-19 no Brasil é de crescimento (por ora), ainda não se tem conhecimento de um plano de retorno dos eventos.

Leia também:
Corridas podem voltar (aos poucos) com o fim gradual da quarentena em São Paulo; entenda

Comentários


  • Ainda que se flexibiliza-se a quarentena, os eventos esportivos, e abertura de parques, vai demorar muito mais, em Agosto talvez comece a ter alguma corrida.Pois esporte não é considerado como essencial,pelas autoridades.

  • Deixe seu comentário