São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Com obras chegando, paulistanos ficam sem complexo esportivo do Pacaembu

Por Esportividade

Atletas correm no Pacaembu (Esportividade)

O estádio do Pacaembu como o conhecíamos até o início de 2020 não existe mais. Após a desmontagem do hospital de campanha que, até junho de 2020, recebeu pacientes com covid-19, o gramado virou um estacionamento de cinema drive-in. E, agora, a Allegra Pacaembu, concessionária que o administra desde janeiro de 2020, anunciou que “alguns espaços do nosso #Paca serão desativados por causa do preparo para início das obras, incluindo piscina, quadra de tênis, pista de corrida e áreas para tomar sol”.

Os munícipes de São Paulo ficarão, então, um bom tempo sem poder ter acesso gratuito a esses pontos, porque, ali perto, o Tobogã será demolido para dar lugar a um edifício multiúso, uma das grandes apostas comerciais da concessionária.

Edifício multiúso a ser construído (Allegra/Divulgação)

“A pandemia [do novo coronavírus] mudou os nossos planos de operação em 2020”, afirmou a Allegra Pacaembu em publicação no Instagram. “As obras serão adiantadas e, por questões de segurança, o complexo estará fechado. O objetivo é aproveitar o período de isolamento social para antecipar as intervenções e entregar o quanto antes um Pacaembu renovado para a cidade.”

O Paulo Machado de Carvalho só voltará a sediar jogos de futebol após a conclusão das grandes obras, a serem iniciadas ainda neste ano, e após o gramado ser refeito, o que não acontecerá antes de 2022.

Deixe seu comentário