São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 09/01/2020

Corrida está cara? Em 2019, preço médio de inscrições foi menor que o de 2018

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Descida rumo ao Pacaembu na São Silvestre-2019 (Esportividade)

Virou quase lugar-comum dizer que está caro participar de corridas de rua. Essa constatação não está errada, longe disso, mas o Ticket Agora apresentou um dado interessante: os organizadores de eventos esportivos participativos que colocaram à disposição inscrições no site adotaram preço médio de R$ 101,10 em 2019, e em 2018 foi de R$ 103,30 – em 2017, R$ 96,30.

Essa redução de 2019 em comparação com o ano anterior tem duas explicações: um número maior de organizadores passou a oferecer kits mais simples e, por consequência, mais baratos; o mercado running brasileiro não está em seu melhor momento, o que faz com que as empresas reduzam preços para chamar a atenção dos corredores – a famosa “lei da oferta e da procura”.

Outro dado que mostra como o mercado está se comportando é o de cortesias, isto é, inscrições dadas de graça. Era de 6,7% em 2017, caiu para 5,4% em 2018 e disparou para 11,3% no ano passado. Isso significa que, em média, uma pessoa a cada dez atletas de um evento com inscrições pagas correu gratuitamente.

A conclusão que se chega é a de que os organizadores, em uma fase não muito favorável, têm tentado reduzir custos (e preços) e tomado atitudes para as provas não ficarem vazias, mesmo que isso signifique perder receita.

Leia também:
Crescimento de corridas temáticas é uma das tendências para a temporada 2020

Deixe seu comentário