São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
MMA 07/04/2020

Doria anuncia hospital de campanha no complexo Ibirapuera, que teria UFC 250

Por Esportividade

Ginásio do Ibirapuera (Andrei Spinassé/Esportividade)

O anúncio de que, a partir de 1º de maio de 2020, funcionará no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, do qual faz parte o ginásio do Ibirapuera, um hospital de campanha, significa que o UFC 250 não será lá no dia 9 de maio. O campeonato de MMA, porém, ainda não fez esse anúncio, mas o destino do evento em São Paulo já está selado.

Estádio Ícaro de Castro Mello (Andrei Spinassé/Esportividade)

Investindo R$ 42 milhões, o governo estadual, segundo o governador João Doria, transformará as instalações esportivas em 240 leitos de baixa complexidade e 28 leitos de estabilização, em que 800 profissionais da saúde cuidarão de pacientes com sintomas de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O hospital ocupará o gramado e parte da pista de atletismo do complexo.

Até a manhã desta terça-feira (7), no entanto, o site oficial do UFC ainda dizia que o UFC 250 seria no ginásio do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, o que, obviamente, não acontecerá. O futuro do evento ainda é desconhecido.

Teria um card bem relevante. Seriam duas as disputas por cinturão. Na luta principal, o campeão dos galos Henry Cejudo, norte-americano, enfrentaria o ex-campeão dos penas e ídolo do MMA José Aldo.

No segundo confronto mais importante da noite, a campeã das galos e penas do UFC, Amanda Nunes, colocaria o seu cinturão das penas à prova pela primeira vez contra a canadense Felicia Spencer.

A venda de ingressos não chegou a ser aberta.

Deixe seu comentário