São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 05/02/2017

Run The Bridge 2017 – ponte estaiada – São Paulo

Run the Bridge-2017 (Iguana Sports)

Run The Bridge-2017 (Iguana Sports)

Uma corrida na marginal do rio Pinheiros, com largada e chegada na ponte estaiada, vai ser realizada em 5 de fevereiro de 2017. Apesar da subida final da ponte, ambos os percursos de 5 e 10 km são muito rápidos e propícios a recordes pessoais serem batidos.

camVocê em ação na corrida: encontre e baixe sua foto
Clique aqui para ver suas fotos na Run The Bridge-2017; você pode também achar as de seus amigos que correram!

A “arena do evento” será montada na própria ponte Octávio Frias de Oliveira, na zona oeste de São Paulo. Ali os corredores ficarão até a largada, prevista para as 7h.

Trata-se de uma prova em que, ao longo dela, os atletas saem da zona oeste (distrito do Itaim Bibi), ingressam na zona sul (no distrito de Santo Amaro) e voltam à região oeste da cidade. Outro ingrediente de uma corrida diferente.

Medalha da Run the Bridge-2017 (Iguana Sports)

Medalha da Run The Bridge-2017 (Iguana Sports)

A Run the Bridge é muito parecida com a Gillette Body Running Experience, mas sem patrocínio da marca de lâminas de barbear. Saiba como foi a prova do dia 12 de março de 2016: Gillette Body Running Experience: atletas ficam às escuras na marginal. As diferenças são estas: é diurna e, agora, os atletas fazem o primeiro quilômetro no sentido Pinheiros.

Retirada de kit

Local: loja Centauro do shopping Eldorado
Avenida Rebouças, 3.970; Pinheiros – 2º piso

Dias e horários: 03/02 – sexta-feira – das 10h às 20h
04/02 – sábado – das 10h às 18h

Run the Bridge-2017 (Iguana Sports)

Run the Bridge-2017 (Iguana Sports)

Estatísticas

Total de pessoas que chegaram ao fim: 4.886
Mulheres: 2.674 (54,7%)
Homens: 2.212 (45,3%)

5 km
Total de pessoas que chegaram ao fim: 2.606
Mulheres: 1.631 (62,5%)
Homens: 975 (37,5%)

10 km
Total de pessoas que chegaram ao fim: 2.280
Mulheres: 1.043 (45,7%)
Homens: 1.237 (54,3%)

Run the Bridge-2017 na maginal do Pinheiros (Iguana Sports)

Run The Bridge-2017 na marginal do Pinheiros (Iguana Sports)

Resultados
Clique aqui para acessar a página com os tempos e as posições

10 km – masculino
1º Rodrigo Silva – 34min07s
2º Juliano Santos – 34min32s
3º Marcelo Daniel – 35min15s

10 km – feminino
1º Genaide Oliveira – 43min22s
2º Fernanda Rodrigues – 43min30s
3º Janaina Cachetti – 43min58s

5 km – masculino
1º Getúlio Júnior – 16min56s
2º Ademir Paulino – 17min34s
3º Isaque Guedes – 17min53s

5 km – feminino
1º Andreia Souza – 22min11s
2º Amanda Casagrande – 22min39s
3º Paula Ody – 23min19s

Detalhes do evento

Evento: Run The Bridge 2017 – ponte estaiada – São Paulo

Modalidade: corrida de rua

Data: 05/02/2017 às 07h00 (domingo)

Local: Ponte estaiada da marginal Pinheiros (largada e chegada)

Localidade: São Paulo - Zona Oeste, São Paulo - Zona Sul

CEP: 04583-100

Evento para: competir

Mais informações: http://runthebridge.com.br

Informações sobre inscrições

Fazem parte do kit camiseta manga curta, viseira e gym sack. As inscrições (já esgotadas) custavam R$ 99 no segundo lote promocional e, em 11 de janeiro, foram para R$ 109. Na “reta final”, passaram a custar R$ 119.

Idosos

O idoso terá desconto de 50% sobre o valor de R$ 150, correspondente ao preço cheio da inscrição. E é idoso o atleta com 60 anos ou mais completos no dia da inscrição. Para validar essa condição é necessária a apresentação de documento original com foto (RG ou CNH) na retirada do kit, bem como da confirmação do pagamento. Não é permitida retirada de idoso por terceiro.

Mapa/Como chegar ao local

Comentários


  • Luiz Fernando Pacheco disse:

    Muito interessante essa nova corrida da Iguana para 2017. Apesar de inscrito, não consegui participar da corrida Gillette Body Running Experience nesse ano, o que acredito que deve ter sido uma sorte, tendo em vista os apuros que alguns atletas passaram (e que foram relatados na ótima matéria de vocês que está no link acima!).
    Agora com essa corrida sendo diurna pretendo correr nesse bonito cartão postal de São Paulo!
    Abraços e boas corridas a todos.

    • Esportividade disse:

      Olá, Luiz! Legal. Acabamos de acrescentar mais uma diferença entre a Run the Bridge e a Gillette: agora, os atletas fazem o primeiro quilômetro no sentido Pinheiros. Abraço!

  • wilson rodrigues gato disse:

    tenho 76 anos e há muito tempo participo de provas de rua, e pretendia me inscrever para a Bridge 2017. Infelizmente o critério para conceder desconto de 50% (como todos os organizadores fazem), alguém criou um “preço cheio”, fictício, porque não se aplica a ninguém, já que hoje o preço é de 99,00 e após 11 de janeiro 109,00. Se não há nenhum engano, eu deverei pagar 75,00 (metade do “p.cheio”) ao invés de 49,95 (metade do preço vigente hoje). Assim, infelizmente não posso concordar com isso e não participarei até porque parece haver uma clara intenção de discriminar ou evitar a participação de pessoas acima de 60 anos. Espero que esta sua iniciativa não vingue, isto é, que não contagie os demais organizadores e patrocinadores. De qualquer modo desejo que a corrida seja um sucesso e que todos vcs tenham um Ano Novo com muito sucesso.

    • Selma Moralez disse:

      Faço minhas as palavras do colega do comentário acima. Falta de decência da organização em inventar um “PREÇO CHEIO” para dificultar a inclusão do idoso. Não sou idosa, mas perdi o interesse em participar desse evento por isso.

      • Ricardo Rodrigues Gato disse:

        O pior de tudo é o SILÊNCIO DOS ORGANIZADORES com relação ao comentário do Wilson – que é meu pai e inspirador. Ele não participa de corridas de rua a muito tempo não… Ele corre a mais de 40 anos com algumas São Sivestres e Meias do Rio no curriculo, além de inúmeros pódios em sua faixa etária. Já foi TOP 3 do Ranking Corpore por 2 vezes. Também brochei e não me inscreverei pelo desrespeito aos idosos e, ainda por cima, com o descaso do SILÊNCIO. Que VERGONHA!!!

    • Luiz Fernando Pacheco disse:

      Bom dia! Infelizmente muito triste e um absurdo essa prática de diferenciação e discriminação nos preços das inscrições em algumas provas, especialmente para os idosos que nos dão exemplos de vida e superação (ainda mais em se tratando das corridas de rua…).
      Apenas faço uma ressalva/constatação: esse site aqui é meramente informativo/jornalístico, com notícias e calendários das provas de rua de SP. Acredito que eventual reclamação/manifestação deveria ser encaminhada à organizadora da prova (nesse caso a Iguana Sports).
      Abraços e boas corridas a todos!

  • isoji okuda disse:

    bom dia..
    estou tentando um contato com algum advogado para fazer uma petição contra , estes desmandos/*abuso.. alguem conhece ou pode dar uma informação de algum advogado???? gostaria tambem de contatar os idosos e turma que esta contra estes abusos… meu email.. [email protected].. unidos seremos imbativeis…

  • Julio disse:

    Eu ia participar, mas quando li os comentários resolvi que não, em sinal de protesto contra a discriminação com os idosos.
    Em todas as corridas que fazem esta discriminação, tô fora…..
    Espero que seja acompanhado por muitos para que os direitos dos idosos sejam respeitados.
    Obrigado.

  • Regina Lucia de Oliveira disse:

    bom dia gostaria de ser avisada de eventos em sp.

  • Deixe seu comentário