São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Iron Race garantirá a atletas vista do pico Jaraguá e contato com natureza

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Bela vista do pico do Jaraguá (Esportividade)

Bela vista do pico do Jaraguá (Esportividade)

Cidade de São Paulo congestionada, confusa e conturbada em um dia de greves, inclusive de metroviários. Enquanto isso, a somente sete quilômetros da marginal do rio Tietê, o cenário era outro: nas trilhas da Escola Superior de Soldados Coronel PM Eduardo Assumpção, em Pirituba, toda essa confusão podia ser facilmente esquecida. A sensação de campo em plena metrópole será ainda maior em 8 de abril de 2017, o sábado da primeira Iron Race na ESSd. Será fácil se desligar do mundo exterior e “mergulhar” no interior (em ambos os sentidos). A ESSd fica ao lado da estação Vila Clarice da CPTM (Linha 7-Rubi, que passa por Luz e Palmeiras-Barra Funda).

Muito verde na ESSd (Esportividade)

Muito verde na ESSd (Esportividade)

A reportagem do Esportividade participou do reconhecimento do percurso da corrida de obstáculos nesta quarta-feira, 15 de março, e chegou à conclusão de que a prova de 8 de abril, de pouco mais de cinco quilômetros, será a mais completa Iron Race já realizada.

Subida vista após sua conclusão, lá em cima (Esportividade)

Subida vista após sua conclusão, lá em cima (Esportividade)

A primeira metade da corrida será dominada por obstáculos naturais. Depois da largada, antes mesmo da qual os atletas se sujarão de terra, e de alguns obstáculos artificiais, como sequências de pneus, vão surgir as estreitas trilhas que levarão os corredores a uma cansativa subida. E a vista de lá do pico do Jaraguá, o ponto mais alto do município de São Paulo, será recompensadora, no entanto.

Descida com pedras vista após sua conclusão, lá embaixo (Esportividade)

Descida com pedras vista após sua conclusão, lá embaixo (Esportividade)

Não pense que, pelo fato de a subida ser cansativa, a descida será deliciosa: muito pelo contrário, pois pedras dificultarão a missão dos atletas e reduzirão drasticamente o ritmo deles.

Corda já fica montada em uma trilha (Esportividade)

Corda já fica montada em uma trilha (Esportividade)

Depois das pedras, os atletas vão passar por outras trilhas estreitas. Em uma delas, existe naturalmente um trecho em que é necessário o uso de corda.

Lago da Escola Superior de Soldados Coronel PM Eduardo Assumpção (Esportividade)

Lago da Escola Superior de Soldados Coronel PM Eduardo Assumpção (Esportividade)

Os obstáculos construídos pela organização da Iron Race se tornarão mais presentes na segunda metade da corrida. Até o lago da escola de soldados será transposto pelos atletas. Obstáculos de diversos tipos vão colocá-los à prova, e de alguns deles sairão ainda mais sujos. No fim de pouco mais de 5 km, chegará a vez do obstáculo trifásico já apresentado (clique aqui).

Quem não conseguir passar com sucesso por um ou mais obstáculos não terá de se desesperar: “só” deverá pagar uma punição, como flexões de braço, abdominais ou burpees. Não é preciso, então, ser um “superatleta” para participar da Iron Race de 8 de abril e curtir a natureza em São Paulo.

Agradecimentos a sargento Pinheiro, sargento Alain e major Ulhôa pela visita monitorada da manhã desta quarta-feira, dia 15 de março de 2017.

Além da versão adulta: Iron Race Kids

Crianças com idade igual ou superior a 4 anos percorrem de 600 metros a 2 quilômetros, distância dependente da faixa etária, e encaram obstáculos, dos quais certamente elas sairão sujas, mas muito contentes. Os atletas com até dez anos podem correr na companhia dos pais; já os jovens com idade entre 11 e 15 anos participam individualmente da prova.

Deixe seu comentário