São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Minhocão, que começará a virar parque, já em 2019 fica melhor para esportistas

Por Esportividade

Corredor no Minhocão (André Tambucci/Fotos Públicas)

O Minhocão ficará mais “amigável” aos esportistas. A Prefeitura de São Paulo anunciou na quinta-feira (21) que o elevado João Goulart começará a se tornar um parque suspenso ainda em 2019. A previsão é que haja gasto de R$ 38 milhões até dezembro de 2020.

Na primeira fase, serão executadas obras de segurança e acessibilidade para os usuários do espaço e instalados acessos (elevadores e escadas) em nove pontos de todo o elevado.

Deque no Minhocão (Prefeitura de São Paulo/Divulgação)

A segunda etapa consiste na implantação de 900 metros de parque entre a praça Roosevelt e o largo do Arouche. Estão previstos 17.500 metros quadrados com jardins, além de floreiras e deques, dispostos em módulos pré-fabricados.

Ilustração de um dos novos acessos ao Minhocão (Prefeitura de São Paulo/Divulgação)

Até agosto de 2019, serão ajustadas as questões estruturais, como projeto estrutural, iluminação (pontos de conexão), projeto viário e transporte público. A previsão é que a primeira etapa, com a instalação dos acessos, seja entregue até dezembro de 2019.

Inspiração para projeto do Minhocão: como pode ficar daqui a um tempo (Prefeitura)

A segunda fase, já com as obras para instalação dos 900 metros iniciais do parque, será iniciada no segundo semestre de 2019 e terminará no fim de 2020.

Com 2,7 km de extensão, o Minhocão recebe veículos das 7h às 20h em dias úteis. No restante do tempo, os pedestres podem usá-lo.

Deixe seu comentário