São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Parques municipais de São Paulo voltam ao horário habitual, mas só em dias úteis

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Corredora treina na reabertura do parque da Aclimação (Esportividade)

Observação (feita às 9h53 de 28 de agosto): por serem centros esportivos municipais, o Ceret e o parque das Bicicletas funcionam por 8h mesmo aos fins de semana.

Observação (feita às 8h15 de 25 de agosto): parques estaduais, como Villa-Lobos, Água Branca, Horto Florestal e Ecológico do Tietê, retomam horário normal em dias úteis.

Os parques municipais de São Paulo voltarão a funcionar no horário habitual de cada um deles a partir de segunda-feira, 24 de agosto de 2020, mas continuarão fechados aos fins de semana. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas nesta sexta-feira, dia 21/08.

Isso significa que o horário tradicional de cada parque será respeitado, porém só em dias úteis. “Não é o momento de incentivar qualquer tipo de aglomeração aos fins de semana”, disse o prefeito.

Segundo a prefeitura, com maior restrição no primeiro mês de reabertura de 70 parques municipais, receberam 840.569 visitas, o que representa apenas 6,8% dos munícipes da capital paulista. Os que estavam fechados continuarão assim.

Espaço de uma esteira faz parte de protocolo (Designed by Freepik)

Na mesma entrevista coletiva, Bruno Covas afirmou que academias de ginástica podem ficar abertas por oito horas diárias, havendo um aumento de duas horas em relação à permissão anterior. O estabelecimento escolhe como cumprir essa jornada.

A capacidade das academias mantém-se limitada a 30% do total; é necessário que cada aluno agende sua entrada; existe permissão apenas para aulas e práticas individuais, sendo proibidas as coletivas; na área de esteiras e bicicletas ergométricas, a cada uma que estiver em uso, a seguinte precisa estar vazia.

Em todos os momentos e ambientes da academia e dos parques, é obrigatório o uso de máscara para a prevenção da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Leia também:
Treino de corrida no parque provoca sensação dúbia: de liberdade e de prisão

Deixe seu comentário