São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Automobilismo 08/07/2013

Interlagos: Prefeitura abre licitação para construção de novos boxes

Por Esportividade
Novos boxes serão construídos nessa área verde, logo "acima" do estacionamento

Novos boxes serão construídos nessa área verde logo “acima” do estacionamento de carros

Está disponível no site da Prefeitura de São Paulo o edital da concorrência que definirá quem executará grandes obras no autódromo de Interlagos para que o circuito possa continuar a receber a Fórmula 1 a partir de 2015.

O valor estimado para a execução das obras e dos serviços é de R$ 148.924.311,22. Construção das edificações dos novos boxes, adequações geométricas, recapeamento da pista e requalificação e modernização da infraestrutura fazem parte disso. Quem exige essa reforma é a Fórmula 1, que reclama do pouco espaço disponível na atual estrutura de Interlagos.

Serão construídos 36 novos boxes para as equipes em paralelo com o que hoje em dia é Reta Oposta, três boxes para as entidades desportivas e um para instalação de aferição e controle. Ou seja, serão 40 garagens no total. Cada um dos boxes deve contar ainda com um bloco de sanitários (masculino e feminino), e o edifício dos boxes deve dispor também de três ou quatro acessos e/ou passagens técnicas, ligando a retaguarda (paddock) ao pit lane.

O edifício dos boxes compreenderá uma edificação em três pavimentos. Térreo: nele estão agrupados os 36 boxes das equipes, distribuídos em três módulos de 12 boxes, permitindo o agrupamento de dois, três ou seis boxes, bem como um módulo compreendendo os quatro boxes restantes. Mezanino: em cada um dos 36 boxes das equipes, foi projetado um pavimento em configuração de mezanino, propiciando um espaço adequado às estruturas técnicas de cada equipe com a visualização da área operacional dos boxes. No mezanino serão implantados os blocos de sanitários exigidos por FIA e FOM. Superior: nesse pavimento estão acomodadas as principais áreas VIPs do autódromo, incluindo suas instalações de apoio (cozinhas, depósitos e sanitários).

Foram projetadas em dois pavimentos distintos, sobre a área ocupada pelos três boxes das entidades desportivas e pelo box das instalações de aferição e controle, as dependências da torre de controle, onde estão situadas as áreas essenciais, como pódio, estúdio unilateral, escritórios da Federação Internacional de Automobilismo etc. Foi também foi projetado o edifício de apoio, onde estão previstas as implantações de áreas de convivência das equipes e centro de imprensa.

Segundo o edital, as instalações apresentam atributos industriais, em uma construção marcada por características simples, voltada à funcionalidade das atividades a que se destinam; portanto, essas obras preveem o uso de estruturas em elementos de concreto pré-moldado (pilares, vigas e lajes), pisos em concreto com acabamento polido, paredes em alvenaria de blocos de concreto estrutural, caixilhos em alumínio anodizado e fachada em pele de vidro duplo, para isolamento acústico e/ou atenuação acústica.

Será necessário adaptar a pista atual para a nova posição dos boxes, pois deve haver pelo menos 250 metros entre a linha de largada e a primeira curva. Dessa forma, haverá uma reconfiguração do traçado da Curva do Lago. Segundo essas exigências, a nova reta de largada (atual Reta Oposta) deve ter uma largura mínima de 15 metros, que deve ser mantida até a saída da primeira curva. Será feita a construção de uma nova interligação da saída do pit lane com a pista em si.

Quem vencer a concorrência deverá executar as obras em 13 meses a partir da emissão da ordem de serviço. Os envelopes dos inscritos devem ser entregues até as 9h45 de 26 de julho na Gerência de Licitações.

Também está aberta concorrência para execução de obras para o GP do Brasil de 2013 no valor estimado de R$ 11.931.516,83. O vencedor terá três meses para fazê-las. Os serviços incluem, por exemplo, recapeamento do pavimento da pista e do pit lane exclusivamente nos locais que tenham sofrido deterioração, com a correção de todos os pontos danificados, e revisão geral da pista e de área de escape de pontos como o S do Senna.

Leia também:
Prefeitura busca aporte estadual ou federal para obras em Interlagos

Deixe seu comentário