São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Prefeitura de São Paulo só libera eventos na fase Verde e não antes de outubro

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Atletas na avenida Presidente Juscelino Kubitschek (Esportividade)

Observação (feita às 13h46 de 11 de setembro): nada muda quanto aos eventos na cidade de São Paulo antes de outubro.

Observação (feita às 16h22 de 28 de agosto): o prefeito Bruno Covas disse que espera que a cidade de São Paulo alcance todos os índices compatíveis com a fase Verde entre o dia 20 de setembro e o dia 10 de outubro.

Tabela publicada no Diário Oficial da Cidade de São Paulo na sexta-feira passada, dia 21 de agosto de 2020, contém a informação de que a prefeitura só liberará “eventos, convenções e atividades culturais” quando a capital paulista estiver na fase Verde do Plano São Paulo; ainda assim, para essa liberação ocorrer, o município precisará se manter na quarta etapa por, pelo menos, 28 dias consecutivos.

Na melhor das hipóteses, mesmo que a cidade seja “promovida” à Verde em 7 de setembro, próxima data de possíveis mudanças de fase, “eventos, convenções e atividades culturais” só poderão começar a ser retomados em 5 de outubro.

O governo estadual definiu os seguintes critérios mínimos para esse setor na quarta etapa: “Ocupação máxima limitada a 60% da do local; obrigação de controle de acesso e hora marcada; venda de ingressos de eventos culturais em bilheterias físicas (desde que sejam respeitados protocolos sanitários e de distanciamento); filas e espaços demarcados, respeitando distanciamento mínimo; adoção dos protocolos geral e setorial específico”.

Como já se pôde perceber, esse retorno vale muito mais para teatros, cinemas e casas de shows do que para corridas de rua, por exemplo. Ainda assim, é possível que antes de novembro a prefeitura paulistana, que é quem aprova protocolos na cidade, libere a realização de um evento-teste.

Já faz quase seis meses que nenhuma prova pedestre acontece na capital, consequência das determinações governamentais para tentar conter a proliferação do novo coronavírus, que causa a covid-19.

Jogos de futebol profissionais têm sido disputados, mas os estádios estão sempre vazios, sem público, uma das exigências do governo estadual para que os campeonatos pudessem ser retomados. O retorno das torcidas se dará somente quando o poder público o autorizar.

Deixe seu comentário