São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Tênis 02/07/2019

Recapitulando: Brasil Open-2019 de tênis teve um campeão inédito em São Paulo

Por Esportividade

Ginásio do Ibirapuera recebe o Brasil Open de tênis (Alexandre Carvalho/DGW Comunicação)

Em fevereiro e março de 2019, aconteceu em São Paulo a 19ª edição do Torneio Aberto do Brasil, o Brasil Open, no ginásio do Ibirapuera, na zona sul. O evento é um dos mais tradicionais de tênis do país e reuniu, além de grandes atletas de tênis do momento, diversos fãs do esporte. A competição foi vencida pelo argentino Guido Pella, que derrotou o chileno Christian Garín por 7/5 e 6/3.

Na edição deste ano do Aberto do Brasil, Guido Pella conquistou seu primeiro título da carreira e obteve premiação de US$ 94.830. Também somou 250 pontos no ranking da Associação de Tenistas Profissionais, a ATP, números que o fizeram subir 14 posições na lista. Atualmente, está na 26ª posição. Garín recebeu US$ 51.280 de premiação e 150 pontos no ranking. O chileno é o 34º colocado hoje em dia.

O Brasil Open contou com 32.930 espectadores neste ano em São Paulo, 62 jogadores participantes no total, com 24 países representados. Foram 47 árbitros, 18 boleiros (além de um chefe de boleiro), 91 jornalistas credenciados, mais de 70 horas de transmissão dos 54 jogos, US$ 618.810 de premiação total e 5.184 bolas Wilson utilizadas pela organização.

Ao fim da décima nona edição do Brasil Open, a expectativa é que mais edições do torneio se realizem em São Paulo, trazendo mais visibilidade e acesso para o esporte. A disputa da chave principal da edição de 2020 tem início previsto para 24 de fevereiro.

Enquanto isso, vale acompanhar o resto das competições do calendário deste ano, incluindo o grande torneio de Wimbledon, que chega ao fim na primeira quinzena de julho e é um dos mais famosos e aguardados eventos de tênis do calendário internacional.

Um breve histórico do Brasil Open

Foram muitos anos até o Brasil conseguir entrar no circuito de torneios mundiais de tênis, mas, em 2001, foi realizado o primeiro Brasil Open na Costa do Sauípe, na Bahia, com a participação do então número um do mundo Gustavo Kuerten. O grande sucesso do evento deu credibilidade e prestígio para o Brasil Open seguir seu caminho e, na segunda edição, em 2002, o torneio já recebia outros grandes tenistas, como o holandês Sjeng Schalken.

Mas 2003 foi “o ano” para os organizadores do Brasil Open. Com um evento consolidado, finalmente tiveram apoio e investimentos. Com uma estrutura bem melhor, o evento recebeu nomes de mais peso ainda, como o alemão Rainer Schüttler. A edição de 2004 do BO foi marcante e bem emocionante para os brasileiros, que acompanharam mais um capítulo do retorno de Guga às quadras, depois de sua cirurgia no quadril, e a conquista de seu bicampeonato.

Em todos esses anos, grandes nomes do tênis já fizeram história, como o bicampeão Rafael Nadal, e emocionaram o público em jogos eletrizantes. O torneio migrou em 2012 para a cidade de São Paulo e, aqui na capital paulista, já foi disputado no ginásio do Ibirapuera e no Esporte Clube Pinheiros.

Deixe seu comentário