Guia de São Paulo - região metropolitana

Fechar

Nome

Modalidade

Localidade

Proximidade

Insira um CEP. Exemplo: 01310-000

Data

Intervalo de datas

Exemplo: 01/01/2013

Evento para

Gratuito

 

Evento para


Acontece na cidade

Rio-2016 04/08/2016

Rio-2016: você pode driblar a multidão na Arena Corinthians; saiba como

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Compartilhar
Espectadores caminham em direção ao portão leste minutos antes do início de jogo (Esportividade)

Espectadores caminham em direção ao portão leste minutos antes do início de jogo (Esportividade)

Constatou-se no primeiro dia de jogos olímpicos de futebol na Arena Corinthians, em Itaquera, na zona leste de São Paulo, que há como os espectadores economizarem tempo ao adotarem uma estratégia “de Copa do Mundo” na entrada do estádio. Diferentemente do Mundial de futebol de 2014, no Rio-2016 não se incentiva uma parte do público a acessar o Itaquerão pela entrada oeste, que é aquela mais próxima à fachada de vidro. Quem chegar ao local em cima da hora e usá-la evitará uma multidão que sobe a Miguel Ignácio Curi e filas no portão leste.

O esquema de transporte sobre trilhos é o mesmo da Copa do Mundo-14: a opção mais rápida para se chegar a Itaquera para a maioria dos torcedores são os trens expressos que partem da estação da Luz e vão à Corinthians-Itaquera sem paradas intermediárias. A reportagem do Esportividade gastou 22 minutos de um trecho a outro na tarde de 3 de agosto de 2016, um dia de rodada dupla feminina.

O espectador, no entanto, ainda pode utilizar o metrô e desembarcar uma estação antes de Corinthians-Itaquera, na Artur Alvim. A caminhada até o estádio é mais longa (1 km x 800 metros, mais ou menos), mas, se faltarem poucos minutos para o início da partida, será mais rápida.

Heterogêneo

Arena Corinthians, setor Norte, onde não há cadeiras (Esportividade)

Arena Corinthians, setor Norte, onde não há cadeiras (Esportividade)

Na quarta-feira, o que se viu nas arquibancadas do Itaquerão foi um público bastante heterogêneo. A organização do evento divulgou que havia 20.521 torcedores lá. Mesmo sendo uma tarde de dia útil, muitas famílias foram ao estádio. Colaborou bastante para isso o fato de que os ingressos custavam de R$ 20 a R$ 70 e davam direito a assistir a dois jogos: Canadá 2×0 Austrália e Zimbábue 1×6 Alemanha.

No fim das contas, a torcida assistiu a um grande jogo, que foi o primeiro, já que a seleção australiana não transformou em gols sua maior posse de bola, e se divertiu no segundo, em que o apoio maior era para a seleção africana, mas quase houve outro placar de 7 a 1 a favor da equipe alemã.

Bastidores do lado norte da Arena Corinthians em dia de jogo do Rio-2016 (Esportividade)

Bastidores do lado norte da Arena Corinthians em dia de jogo do Rio-2016 (Esportividade)

A alimentação não condizia com o preço baixo dos ingressos: os espectadores gastavam R$ 12 na pipoca, R$ 8 na água (500 ml), R$ 10 no refrigerante (600 ml) e R$ 13 na cerveja (473 ml), por exemplo. Apenas são aceitos cartões da bandeira Visa ou dinheiro em espécie. Clique aqui e veja tabela completa de preços de comidas e bebidas.

As recordações à venda na lojinha eram mais caras ainda. O item mais barato, um cordão, sai por R$ 20; um imã custa R$ 30; uma camiseta é vendida a R$ 100.

Seleção brasileira pode jogar aqui:
Rio-16: Brasil masculino joga em SP, em Itaquera, se for líder de grupo

Como chegar ao Itaquerão:
Saiba como chegar à Arena Corinthians para ver as partidas olímpicas

Mais dicas de locomoção:
Evite ir de carro à Arena Corinthians em dias de jogos olímpicos de futebol

O que pode e o que não pode:
Dez dicas para quem vai ver jogos de futebol do Rio-2016 em São Paulo

Compartilhar

Deixe seu comentário

Current day month ye@r *