São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Vôlei 18/12/2014

Segunda-feira (22) de jornada dupla de vôlei no Sesi-SP: já se programe

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Central Fabiana, capitã do Sesi-SP (Sesi-SP/Divulgação)

Central Fabiana, capitã do Sesi-SP (Sesi-SP/Divulgação)

Na próxima segunda-feira, 22 de dezembro, quem gosta de vôlei terá uma rara chance de ver no mesmo dia e no mesmo local uma partida masculina e uma feminina. Às 18h, os jogadores do Sesi-SP serão os primeiros a jogar em casa, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo (rua Carlos Weber, 835). Às 21h, será a vez de as atletas entrarem em quadra. É recomendado que se leve 1 kg de alimento não perecível ao ginásio para doação. Como o local é pequeno, é necessário chegar lá com antecedência para garantir seu lugar.

O Sesi-SP, por ter sido o quinto colocado no primeiro turno da Superliga masculina 2014/2015, não conseguiu se classificar diretamente para a segunda fase da Copa Banco do Brasil 2014/2015. Por isso, enfrentará o Vôlei Canoas, décimo colocado, na segunda-feira. O Minas Tênis Clube, quarto colocado, será o próximo adversário de uma das duas equipes.

Ponteiro Lucarelli faz recepção visto por Serginho em quadra e Lucão no banco (Sesi-SP)

Ponteiro Lucarelli faz recepção visto por Serginho em quadra e Lucão no banco (Sesi-SP)

Embora tenha terminado o primeiro turno em alta, com uma vitória sobre o líder Sada Cruzeiro, que estava invicto, o Sesi-SP ainda busca consistência. O levantador Marcelinho foi contratado nesta temporada; o ponteiro Maurício chegou ao time somente em novembro para o lugar de Murilo, porque este passou por outra cirurgia no ombro direito; o central Sidão foi para o Taubaté. A fase da equipe masculina é mesmo de alternâncias: desfalcada do central Lucão, que sentiu um desconforto muscular, foi derrotada em casa pelo Montes Claros por 3 sets a 2 na quarta-feira (17).

Já a feminina vive grandes dias. Sesi-SP e Rexona-Ades disputaram a final da Superliga feminina 2013/2014 e não mais se encontraram depois disso. Agora é a hora do reencontro, que vai acontecer também na segunda-feira.

A equipe carioca, campeã da edição anterior, e a paulistana, vice-campeã, mantiveram a maior parte de suas jogadoras para esta temporada. A central Fabiana ainda é a grande referência do Sesi-SP; a líbero Fabi, a levantadora Fofão e o treinador Bernardinho passam a toda sua experiência às jogadoras mais jovens do Rio de Janeiro.

O Sesi chega ao duelo com a equipe carioca muito fortalecido após uma bela vitória por 3 a 0 sobre o Molico/Osasco no José Liberatti. A central Bárbara jogou na posição de oposto, pois Monique sofreu uma lesão ligamentar no tornozelo esquerdo e deve voltar a jogar em seis semanas. A levantadora osasquense Dani Lins sentiu dores nas costas e também não participou do clássico, mas, independentemente disso, o desempenho do Sesi foi muito bom. Está invicto após dez jogos e só cedeu aos rivais três sets até agora.

Deixe seu comentário