São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 26/07/2017

Seis dicas para você não ‘entrar em roubada’ ao se inscrever em corridas

Por Esportividade
Corrida de rua (P. Mooney)

Corrida de rua (P. Mooney)

“Corrida de rua virou um comércio.” Essa é uma frase que costuma ser dita por alguns, principalmente em discussões sobre preços de inscrições. Mas não deixa de ser um… Segundo o dicionário Houaiss, a palavra “comércio” significa “uma atividade que consiste em trocar, vender ou comprar produtos, mercadorias, valores”. Consequentemente, os cuidados que são tomados quando se compra uma mercadoria em uma loja virtual de eletrônicos, por exemplo, devem ser os mesmos da aquisição de inscrição.

Assim como é preciso verificar a credibilidade e a veracidade de uma loja antes de efetuar a compra de um computador, por exemplo, é recomendado checar a confiabilidade do organizador da prova, especialmente se ele não for conhecido do grande público. Algumas medidas são simples e podem garantir que você se livre de uma grande dor de cabeça – como a má qualidade de uma prova, o adiamento ou o cancelamento de uma corrida ou até mesmo a não devolução do dinheiro pago quando você teria direito a isso.

Passo 1: “dê um Google”

A primeira medida a ser tomada é fazer uma busca no Google sobre a corrida e/ou o organizador dela. Acesse as páginas resultantes dessa busca, analise-as atentamente e leia o que a imprensa noticiou e o que os próprios atletas já disseram a respeito do evento em questão.

Passo 2: analise o site do evento

Existem organizadores, especialmente de menor porte, que não criam um site para a corrida de rua e apenas utilizam o site de inscrição como a plataforma de divulgação. Qualquer que seja o caso, certifique-se de que o regulamento do evento está lá (leia-o, e nele geralmente consta o nome da empresa que faz a organização) e de que os canais de “fale conosco” estão disponíveis.

Passo 3: verifique a página da empresa no Facebook

A maior parte das pessoas que usa frequentemente a internet está no Facebook. Empresas que lidam com o grande público geralmente também têm página nessa rede. Vale a pena procurar pela do organizador e analisar comentários, fotos, postagens, número de curtidas. Essa ferramenta, porém, pode ser manipulada, já que o organizador pode deletar as postagens e os comentários que quiser.

Passo 4: procure a corrida e o organizador no Reclame Aqui

O Reclame Aqui (www.reclameaqui.com.br) é o principal site de reclamações sobre comércio do Brasil. Faça nele duas buscas: uma pelo organizador e outra pela corrida em si. Você terá, assim, indicativos da confiabilidade da empresa.

Passo 5: descubra quem está por trás dos eventos

Para tentar descobrir qual é a empresa ou a pessoa física em questão, existem algumas possibilidades, mas duas delas são muito acessíveis e públicas: procure pelo domínio (endereço do site na internet) da prova em registro.br/cgi-bin/whois, descobrindo quem foi que o registrou, e faça uma busca pelo CNPJ da empresa no site da Receita Federal (clique aqui) para ter acesso aos dados sobre ela e informações sobre os proprietários. Nesse “embalo”, “jogue” no Google os nomes deles e veja o que aparece.

Passo 6: entre em contato com o organizador

Antes de se inscrever (ou seja, de efetuar uma compra) em uma prova sobre a qual você não tem informação suficiente ou que é alvo de suas suspeitas, envie um e-mail ou ligue para o organizador. Você sentirá se ele realmente quer ajudá-lo e se tem boas intenções.

Comentários


  • almir de carvalho disse:

    Bom dia, gostaria que vocês fizesse uma reportagem sobre o organizador da CORRIDA FAIRPLAY e da corrida JOY, ME INSCREVI E OUTROS ATLETAS EM AMBAS. a fairplay etapa São Paulo, foi adiada várias vezes e a JOY foi cancelada… perdi meu dinheiro… tanto em uma como na outra, mesmo entrando em contato pelos e-mails e pelo fale conosco destas “empresas”, até hoje estou vedo “navios”…creio que eu e mais pessoas foram roubadas. vou no popular: empresas picaretas.

  • walter menezes disse:

    Bem logo que começaram a adiar algumas, eu disse pra não terem pressa e ficar se inscrevendo,esperar até a corrida ter mais tradição correr uma ver como é, o pessoal da C joy é do Rio, não conhece nada de S.Paulo, parece que ninguém me ouviu, o Circuito já estava se enrolando com as datas e locais, então escolha corrida não pelo Kit mas pelo esporte.

  • Deixe seu comentário