São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 05/09/2018

Setembro é o mês da feminina SP Pink Run, e preparação vai além dos treinos

Por Esportividade

Corredoras em alameda do SP Market (SportsFuse/Divulgação)

Resultado do concurso cultural: Leitoras usam criatividade e ganham meias de compressão graduada Sigvaris.

Preparar-se para uma corrida como a SP Pink Run não significa apenas estar fisicamente apto a participar dela. Se bem feita, a preparação evita surpresas negativas e melhora a experiência da participação.

Quanto ao primeiro item, é bom tomar nota desde já para não perder a prova: apesar do nome e de sua proposta, a SP Pink Run não vai ser em outubro: está marcada para 30 de setembro, domingo, com largada dos 5 km às 8h30.

Outra data que deve estar na agenda da atleta inscrita é 29 de setembro, sábado de entrega de kits no shopping SP Market, na zona sul de São Paulo, feita das 13h às 21h.

Estar preparada para a SP Pink Run também envolve saber do que a participante precisa para que sua prova seja inesquecível. Os artigos esportivos, que, é claro, são adquiridos com antecedência, entram nesse contexto. Meias de compressão graduada, por exemplo, valem a pena ser consideradas pelas corredoras, e a marca mais tradicional é a Sigvaris, que desenvolveu a UP.

Largada da SP Pink Run (SportsFuse/Divulgação)

Segundo a cirurgiã vascular Anna Paula Weinhardt, mesmo em corridas mais curtas, de 5 km, como a SP Pink Run, há ganhos quando se usam essas meias.

“Foi comprovado que elas oferecem conforto à atleta e melhora da recuperação muscular”, disse a médica.

“Há menos lesão muscular com essa compressão graduada – a musculatura fica mais compactada. As passadas ganham um pouco mais de estabilidade, o que ocasiona menos vibração muscular e reduz as chances de a corredora se lesionar.”

E mulheres, que, em geral, já estão acostumadas a meia-calça e calça legging, sentem-se ainda mais à vontade com elas.

Além de cirurgiã vascular, Anna é corredora. Treina para completar sua primeira maratona; nos treinos e nas provas, as meias de compressão graduada já lhe são essenciais. “Quando corro sem elas, parece que falta alguma coisa”, afirmou a médica, que estará na 2ª SP Pink Run como participante.

A doutora se juntará a centenas de corredoras e caminhantes na “arena do evento”, que vai ser montada no estacionamento descoberto do SP Market. O percurso de 5 km incluirá alamedas do centro comercial e o estacionamento coberto do shopping.

Comentários


  • Ana Paula Silva disse:

    Quero fazer minha inscrição para corrida

  • Deixe seu comentário