São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Tênis 08/01/2018

Tênis: Brasil Open volta ao Ibirapuera em 2018 e promete ingressos mais baratos

Por Esportividade

Vista da arquibancada do Brasil Open-2015 (Divulgação)

O Brasil Open de tênis está no ano de 2018 de volta à sua primeira casa paulistana, o Conjunto Desportivo Constância Vaz Guimarães, que é o do ginásio do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, que o recebeu de 2012 a 2015. Depois de dois anos em quadras de saibro descobertas do Esporte Clube Pinheiros, retornará às cobertas em 2018, sendo o único torneio de nível ATP disputado nessas condições.

“O Brasil Open de tênis, sem dúvida, é um dos mais importantes eventos esportivos do calendário da cidade de São Paulo”, disse Roberto Marcher, diretor do 18º Brasil Open.

“E nada mais justo que voltar a ser realizado no ginásio do Ibirapuera, um importante ponto turístico e arquitetônico da capital paulista, gerido pelo Governo do Estado, nosso parceiro na realização e no sucesso do torneio, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude.”

O Brasil Open, cuja chave principal será disputada de 26 de fevereiro a 4 de março, terá duas quadras cobertas de jogo (a quadra central, montada no ginásio principal, com capacidade para cerca de 10 mil pessoas, e a quadra 1), além de três quadras cobertas para treinos no Círculo Militar (clube localizado ao lado do ginásio do Ibirapuera) e duas quadras de aquecimento ao lado da quadra 1.

Marcher afirmou que o retorno ao ginásio do Ibirapuera foi um pedido do público. “Constatamos ao longo desses dois anos que o fã do Brasil Open pedia a volta do torneio para o Ibirapuera”, declarou.

Ginásio do Ibirapuera em dia de Brasil Open (Marcello Zambrana/Divulgação)

“Entre 2012 e 2015 tivemos o melhor índice de público do torneio. Em 2018, teremos mais espectadores, com maior quantidade de ingressos disponível e preços mais acessíveis. O fato de ser disputado em quadra indoor facilita bastante, pois assim não corremos risco de interferência das condições meteorológicas adversas desse período em São Paulo, já que chove muito nessa época.”

Em 2017, ano do tricampeonato do tenista uruguaio Pablo Cuevas, a final teve de ter sequência na segunda-feira, com pouco público, depois de um domingo chuvoso.

A organização do Brasil Open-2018 divulgará nos próximos dias a data de início da venda de ingressos e os seus valores, além da lista de jogadores que virão a São Paulo.

O Brasil Open, um ATP 250, pode receber investimento de até R$ 3.898.644,11 por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Os patrocinadores deixam de pagar como Imposto de Renda a quantia investida no evento.

Comentários


  • Não vejo a hora de assistir novamente o tênis no Ibirapuera

  • Deixe seu comentário