São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Tênis 26/02/2016

T(h)iago Monteiro: você já deve ter torcido por um, e surge outro na lista

Por Esportividade
Thiago Monteiro vibra com vitória no Esporte Clube Pinheiros (Marcello Zambrana/DGW Comunicação)

Thiago Monteiro vibra com vitória no EC Pinheiros (Marcello Zambrana/DGW Comunicação)

Thiago Monteiro, cearense de 21 anos, é a sensação do tênis brasileiro neste começo de temporada 2016. Em oito dias bateu o francês francês Jo-Wilfried Tsonga, neste momento o nono colocado no ranking da ATP, no Rio Open, o espanhol Nicólas Almagro (50º), tricampeão do Brasil Open, em São Paulo e o espanhol Daniel Muñoz de la Nava, 72º colocado, também no Esporte Clube Pinheiros. No entanto, esse nome já é conhecido do público que acompanha o esporte.

O jovem tenista, que justamente estreou na semana passada em torneios do circuito principal da ATP, é homônimo (ou, em um dos casos, quase) de dois outros esportistas conhecidos. Thiago Monteiro é um jogador de tênis… De mesa. Curiosamente, o mesatenista também nasceu em Fortaleza, mas em 1981. Com a seleção brasileira foi tricampeão pan-americano por equipes em Toronto, no Canadá, em 2015.

O outro Monteiro é Tiago — sem “h”. É português e até já foi piloto de Fórmula 1. Na categoria defendeu as equipes Jordan, em 2005, e Midland, em 2006. Foi em 2005 que obteve um pódio naquele GP dos Estados Unidos em que apenas seis pilotos largaram devido aos problemas com os pneus da Michelin. Em 2007, Vagaroso, um de seus sobrenomes (sim), passou a se dedicar aos carros de turismo, competindo no WTCC.

Thiago Monteiro tornou-se na quinta-feira, 25 de fevereiro, o único tenista brasileiro das quartas de final do Brasil Open-2016. Na noite desta sexta-feira, dia 27 de fevereiro, vai enfrentar o atual campeão, o uruguaio Pablo Cuevas, mesmo jogador responsável por sua única derrota em torneios do ATP World Tour por enquanto — no Rio Open.

Com a situação de Thomaz Bellucci (35º), que admitiu que não sabe por que não consegue manter a intensidade de jogo no decorrer de uma partida, a torcida por Thiago Monteiro já é grande e tende a crescer, já que o cearense demonstrou muito potencial neste mês de fevereiro, independentemente do que aconteça na noite desta sexta-feira contra Cuevas.

Leia também:
Shopping predomina na paisagem do Brasil Open-16 e garante ‘espiadinha’
Torcedor do Brasil Open-2016 será ressarcido em uma situação de chuva

Deixe seu comentário