São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Futebol americano 26/05/2021

Com sete títulos, poderá Tom Brady ser o maior atleta de todos os tempos?

Por Esportividade

Tom Brady, heptacampeão do Super Bowl (Ben Liebenberg/NFL)

Mesmo estando um pouco distante de ter a mesma permeabilidade que o futebol ou até mesmo o basquete com a NBA, o futebol americano tem ganhado cada vez mais espaço no mercado internacional. A NFL conta com milhões de fãs nos Estados Unidos e alguns milhares até mesmo no Brasil, e um dos principais responsáveis por isso é o quarterback Tom Brady, também conhecido por aqui como o marido de Gisele Bündchen.

Em 2021, Brady conquistou pela sétima vez o Super Bowl, contabilizando seis campeonatos obtidos pelo New England Patriots, franquia que ele deixou após 20 anos de carreira, e venceu mais um pelo Tampa Bay Buccaneers, time que não conseguia chegar aos playoffs havia mais de uma década. E o resultado da chegada do astro: troféu em seu primeiro ano defendendo a equipe. Com sua dominância na NFL, muitos sites, especialistas, revistas e até as casas de apostas com bônus sem depósito, antes mesmo da sétima conquista, já consideravam Tom Brady um dos melhores atletas da história, sendo que alguns o veem como o maior.

Muito tempo no topo

É um tanto complicado diferenciar um grande jogador dos maiores de todos os tempos. Para isso, um dos fatores mais importantes é a duração do auge da carreira desse atleta. A título de comparação, muitos dos amantes do futebol testemunharam os dois anos mágicos de Ronaldinho Gaúcho jogando pelo Barcelona, quando não havia outro jogador que conseguisse igualar sua qualidade técnica. Mas o brasileiro não conseguiu manter aquele desempenho por muito tempo, diferentemente de Lionel Messi, por exemplo, que há mais de 13 anos vem assombrando o mundo com o que é capaz de fazer dentro de campo, sempre sendo cotado como um dos maiores da história do futebol moderno.

Algo semelhante acontece com Tom Brady, que, aos seus 43 anos de idade e com quase duas décadas desde a sua primeira conquista do Super Bowl, levantou o título pela sétima vez, tendo os dedos das mãos repletos de anéis. Por muito tempo, acreditou-se que o maior quarterback de todos os tempos era Joe Montana, que ganhou quatro títulos pelo San Francisco 49ers. Ele se aposentou aos 38 anos, sendo que nos anos finais da sua carreira apresentou um claro declínio. Diferentemente de Brady, que aos 43 anos ainda está em alto nível.

Comparativo com outras modalidades

Com números e resultados impressionantes, Tom Brady é indiscutivelmente o soberano da NFL: mas ele é o maior de todos os esportes? Obviamente, é preciso ir muito além do futebol americano para determinar quem é o maior esportista da história. Lendas como Pelé, Michael Schumacher, Michael Jordan, Muhammad Ali e Lewis Hamilton são apenas alguns daqueles que compõem a lista de rivais do norte-americano para o posto de maior de todos os tempos.

Há, contudo, um argumento que pesa bastante a favor de Brady. A NFL é uma liga que preza o equilíbrio e a competitividade acima de tudo, e a renda obtida é dividida entre as 32 franquias que competem no torneio. Com isso, há uma certa paridade salarial, evitando que muitos craques se juntem a somente uma equipe. Dessa forma, é comum algumas dispensarem alguns astros para evitar que eles ultrapassem o teto salarial de um time. Outros grandes atletas, como Messi, Cristiano Ronaldo e Hamilton, não passaram por isso. Brady prometeu que iria jogar até os 45 anos – até lá, seus número podem e devem ficar ainda melhores. E a discussão sobre o maior de todos os tempos deve começar a pender ainda mais para o lado do quarterback.

Deixe seu comentário