São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Copa: prefeitura estima que turistas tenham movimentado R$ 1 bilhão

Por Esportividade
Área externa da Arena Corinthians, onde se pode passar o tempo antes do jogo

Área externa da Arena Corinthians, onde se pode passar o tempo antes do jogo

A Prefeitura de São Paulo arcou com custos operacionais que podem chegar a R$ 40 milhões durante esta Copa do Mundo de 2014, mas os turistas devem ter deixado na cidade aproximadamente R$ 1 bilhão. A capital paulista, sede de seis jogos do Mundial de futebol, recebeu cerca de 500 mil visitantes, dos quais quase 200 mil eram estrangeiros.

Segundo o prefeito Fernando Haddad, os custos operacionais relacionados ao Mundial devem ficar entre R$ 30 milhões e R$ 40 milhões, o que não excede o comumente gasto com eventos como o Carnaval e a Fórmula 1. O valor refere-se, por exemplo, a gastos com limpeza e exibições públicas.

“Do ponto de vista do município de São Paulo, o mês transcorreu com muita naturalidade e tranquilidade. O número de incidentes nem é representativo à luz do número de pessoas que nós recebemos e do número de encontros que São Paulo ofereceu para os turistas. Todos os depoimentos dos visitantes são de que se encantaram com a cidade, de que pretendem voltar, agradecidos com os paulistanos pela hospitalidade, agradecidos aos trabalhadores pelo profissionalismo nos hotéis, nos restaurantes, nos postos de atendimentos”, disse o prefeito.

Na última fileira da arquibancada temporária norte do Itaquerão (Esportividade)

Na última fileira da arquibancada temporária norte do Itaquerão (Esportividade)

De acordo o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, apesar do custo semelhante ao de eventos de grande porte realizados na cidade, a Copa do Mundo-2014 trará um retorno 15 vezes superior. “Com relação ao turismo a surpresa é muito boa e superou todas as expectativas. Esperávamos 70 mil estrangeiros e recebemos 200 mil”, afirmou Poit. Até o fim da primeira fase da Copa, os gastos individuais eram, em média, de R$ 2.200 dos brasileiros e R$ 4.800 dos estrangeiros.

A coordenadora da secretaria executiva do Comitê Paulista para a Copa de 2014, Raquel Verdenacci, disse que o que foi planejado quanto ao transporte foi bem-sucedido. “Mais de 80% dos torcedores foram ao estádio de transporte coletivo, de metrô ou de trem. O planejamento saiu do papel e ganhou mesmo a adesão dos torcedores. Isso foi muito importante. Eles entenderam que essa seria a maneira mais rápida e eficiente de ir ao estádio”, disse. No total, foram mais de 345 mil passageiros em seis dias de jogos, uma média de 57 mil torcedores em dia de jogo.

Vila Madalena

Uma espécie de “carnaval fora de época” tomou conta da Vila Madalena, na zona oeste, principalmente quando a seleção brasileira entrava em campo. Nos dias de jogos do Brasil e partidas realizadas na Arena Corinthians, o bairro recebeu, em média, 50 mil pessoas. O pico de público foi de 70 mil pessoas, no dia 4 de julho, quando o Brasil jogou contra a Colômbia no Castelão, em Fortaleza.

Em parceria com a Polícia Militar, a prefeitura fez uma operação especial no bairro: bloqueios, proibição de estacionamentos em horário integral, controle de acessos e ações de fiscalização objetivando coibir o comércio irregular de ambulantes, principalmente na venda de bebidas alcoólicas e de alimentos. A administração do município foi responsável pela instalação de 160 banheiros químicos nas ruas do bairro, por direcionar a atuação de funcionários do Psiu, disponibilizar ambulâncias e dar incremento nos serviços de limpeza.

Fifa Fan Fest

Torcedores da Argentina comemoram no Anhangabaú (Cesar Ogata/SECOM)

Torcedores da Argentina comemoram no Anhangabaú (Cesar Ogata/SECOM)

Na Fan Fest, no Vale do Anhangabaú, foram 23 dias de programação com público total até quarta-feira (9) de 567.640 participantes (acumulado), uma média diária de 24.680 pessoas. A lotação máxima da Fan Fest, de 25 mil torcedores simultâneos, foi atingida em dias de jogos da Argentina em São Paulo e nos do Brasil. A programação se encerrará no próximo domingo (13).

Turismo

A São Paulo Turismo (SPTuris) estima que, de 12 de junho a 10 de julho, a Copa tenha atraído à capital paulista pelo menos 495.859 turistas: 299.322 brasileiros e 196.547 estrangeiros. Um a cada três visitantes estrangeiros era argentino.

A visitação a locais como a avenida Paulista, o Museu do Futebol e o Mercado Municipal cresceu, em média, 20%. Já a presença de estrangeiros em bares e restaurantes de diversas regiões, como a Vila Madalena, teve alta de 80%. Segundo pesquisa realizada pela SPTuris, 73% dos turistas deram nota entre 7 e 10. Elogiaram, acima de tudo, a gastronomia e a vida noturna da cidade.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.