São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 18/06/2021

Corredores estão dispostos a voltar às provas em 2021 se vacinação progredir

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Últimos metros de Inclusão a Toda Prova, corrida do Instituto Olga Kos (Esportividade)

Mais de dois terços dos corredores amadores estão a fim de voltar a participar de provas ainda neste ano de 2021. Uma enquete publicada no Instagram do guia Esportividade questiona-os: “Se a vacinação transcorrer conforme o previsto, você topará participar de alguma prova até o fim de 2021?”. Seiscentas e onze pessoas deram sua resposta – positiva para 74,14%.

Vamos sonhar um pouco: ouça a locução de Leandro Pricoli para a largada de um evento de corrida de rua com 20 mil pessoas pós-pandemia de covid-19:

Já faz mais de 15 meses que, em decorrência da pandemia de covid-19, não acontece na cidade de São Paulo uma prova com inscrições abertas ao público. A mais recente, a de verificação de protocolo sanitário, realizada em 25 de outubro de 2020, foi destinada a poucos convidados (138 participantes).

A antecipação da vacinação contra a covid-19, divulgada no domingo, 13 de junho, fez ressurgir a esperança de que os eventos de corrida sejam de fato retomados em 2021. Segundo a previsão anunciada pelo governo estadual paulista, até o dia 15 de setembro toda a população adulta terá condições de receber, ao menos, a primeira dose do imunizante.

“A ampliação dos públicos-alvo e a projeção do novo calendário se baseiam nas estimativas de entregas do Ministério da Saúde”, diz o governo estadual. As vacinas em questão são as de Butantan/Sinovac Biotech, Fiocruz/AstraZeneca, Pfizer e Janssen.

Não existe, porém, qualquer garantia de que esse cronograma será seguido à risca e de que em meados de outubro, por exemplo, as corridas voltarão ao “normal”. Os eventos dependem de autorização do poder público; mesmo que a vacinação transcorra sem maiores percalços, outros fatores, como ocupação significativa de leitos de UTI, ainda podem fazê-lo frear a retomada do setor.

Comentários


  • José Adriano disse:

    Prova infelizmente acredito somente ano que vem.

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.