São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 17/02/2014

Corrida de rua em SP: aberta licitação para realização do Circuito Popular

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Prova do Circuito Popular de corrida de rua de São Paulo (Divulgação)

Prova do Circuito Popular de corrida de rua de São Paulo (Divulgação)

No meio do mês em que o secretário de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo, Celso Jatene, previa retomada do Circuito Popular de corrida de rua, foi publicada no Diário Oficial do município autorização para início do processo licitatório para escolha da empresa responsável pela execução das etapas da competição, suspensa desde setembro de 2013. O edital foi publicado em 14 de fevereiro, sexta-feira, e as propostas já podem ser enviadas a partir desta segunda-feira. Será realizado pregão eletrônico do tipo menor preço. As empresas devem calcular quanto cobrarão, baseadas nas exigências da secretaria, pelas 32 provas previstas para os próximos 12 meses.

Leia também:
Circuito Popular de corrida de São Paulo deve ser retomado em fevereiro

Participe agora mesmo!
Envie foto e concorra a um acompanhamento personalizado

Serão realizados até 20 eventos para 2 mil participantes, quatro para 3 mil e oito para 5 mil. A contratada atuará nos dias, horários e locais definidos entre a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a Policia Militar e a administração dos parques ou espaços utilizados. Além de serviço técnico, a empresa deverá fornecer todo o material e serviço de apoio necessário ao desenvolvimento do programa. As corridas, inteiramente gratuitas para os participantes delas, acontecerão aos domingos ou feriados, no período da manhã, sendo realizada apenas uma etapa em cada data.

A novidade é que, como contou Jatene ao Esportividade em novembro, haverá também uma caminhada mais familiar. “Tentaremos trazer todas as famílias para as ruas em cada bairro da nossa cidade: é a caminhada da família. Nós deixaremos todos felizes: aqueles que não correm, mas gostariam de ir à rua para passear com filho, cachorro, bicicleta. Cadeirantes, idosos, crianças… Todos vão juntos”, disse o secretário, na ocasião.

Poderão participar dos eventos moradores da capital paulista e de outros municípios. A idade mínima para participação na atividade de corrida de rua é de 16 anos; na atividade de caminhada da família não haverá idade mínima nem máxima.

Anteriormente, as provas do Circuito Popular eram feitas por convênio com diferentes empresas. Muitas vezes, alguns dias antes do evento não se sabia nem por qual site seria realizada inscrição para determinada etapa. As falhas de sistema eram recorrentes, e as filas para retirada de kit no dia do evento, enormes. Agora, por exemplo, a secretaria exige presença de 27 funcionários responsáveis pela entrega do kit em cada etapa de 2 mil participantes, sendo dois deles coordenadores do procedimento. Ao longo do percurso para 2 mil pessoas, a ideia é que haja 35 colaboradores e quatro coordenadores.

É obrigatório que a empresa contratada elabore um site do Circuito Popular paulistano, que conterá as informações da competição, fotografias, percurso e resultados. O site ficará disponível para as inscrições individuais (com nome, data de nascimento, sexo, CPF, e-mail).

A abertura da sessão pública de processamento do certame ocorrerá às 11h do dia 27 de fevereiro de 2014.

Leia mais:
Licitação motiva adiamento de provas Circuito Popular da capital paulista
Secretaria explica-se após tumultuada inscrição online para prova na Lapa
Circuito Popular paulistano: secretaria desculpa-se após falhas em sistema

Leia também:
Circuito Popular de corrida do Grande ABC: inscrições a partir de 10/03

Deixe seu comentário