São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 08/10/2021

Corrida Sargento Gonzaguinha-2021 tem inscrições abertas e nova organização

Por Esportividade

Corrida Sargento Gonzaguinha na marginal do Tietê (Esportividade)

Uma das mais tradicionais e mais valorizadas corridas de rua de São Paulo, a Sargento Gonzaguinha, voltará à cena em 2021, dois anos após a mais recente edição, com novidades em 12 de dezembro. A Fundabom (Fundação de Apoio ao Corpo de Bombeiros), por trás também da Corrida da Esperança, é a nova entidade organizadora do evento, cuja prova de 15 km é o carro-chefe – uma de 4 km também está à disposição de atletas.

A fase anterior, com a organização da Avatar, rendeu bons frutos à Gonzaguinha, que foi escolhida pelo Esportividade a melhor prova do ano de 2017, 2018 e 2019. Em 2021, em meio à retomada dos eventos após longa paralisação provocada pela pandemia de covid-19, a Fundabom entra no lugar da empresa de São José dos Campos.

Camiseta azul da 54ª Corrida Sargento Gonzaguinha (Divulgação)

As inscrições (clique aqui) para a 54ª edição custam a partir de R$ 79,50, preço total do kit sem camiseta e sem sacochila. O kit que inclui esses dois itens é vendido por R$ 100,70. Pessoas com deficiência e policiais militares contam com desconto. Idosos têm direito à meia-entrada.

Camiseta laranja da 54ª Corrida Sargento Gonzaguinha (Divulgação)

Na manhã de sábado, dia 11 de dezembro, crianças participarão da Gonzaguinha Kids na pista de atletismo da Escola de Educação Física da Polícia Militar. As de 4 e 5 anos correrão 50 metros; as de 6 e 7 anos, 100 metros; as de 8 e 9 anos, 150 metros; as de 10, 11 e 12 anos, 200 metros. O preço por participante da Gonzaguinha Kids é de R$ 53,50.

Percurso exclusivo é ponto alto

Chegada da Corrida Sargento Gonzaguinha (Esportividade)

Os corredores largam na avenida Cruzeiro do Sul – em frente à Escola de Educação Física da Polícia Militar –, descem a alça da ponte Cruzeiro do Sul, vão para a marginal do Tietê, entram na avenida Olavo Fontoura após o sambódromo, passam pela ponte da Casa Verde, vão para a região do Bom Retiro, retornam à marginal no sentido oposto, correm no bairro do Canindé e voltam ao ponto inicial, concluindo os 15 km na pista da escola.

Saiba como foi o evento em 2019: 
Sargento Gonzaguinha renova-se em 2019 para manter seu ‘fôlego’

Comentários


  • walter menezes disse:

    Boa corrida de 15 km, mas perdi a motivação, ao ver que não terá troféus nas faixas etárias, era o único motivo pelo qual a corria, ganhar um ou não é consequência, más só de saber que não terá.

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste site jornalístico.