São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 30/11/2020

Covas fala em volta do Circuito Popular; SP está há 2 anos sem o seu de gratuitas

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Chegada da etapa do Jaçanã do Circuito Popular (Esportividade)

Reeleito no domingo, 29 de novembro de 2020, o prefeito Bruno Covas disse querer a retomada de um circuito de corridas de rua com inscrições gratuitas da cidade de São Paulo. Faz quase dois anos que a capital paulista está órfã disso, pois, já sob a gestão do neto do ex-governador Mário Covas (PSDB), foi descontinuado o Circuito Caixa da Cidadania, substituto do Circuito Popular, por causa da não renovação do patrocínio do banco federal e da falta de um patrocinador substituto.

“Queremos voltar com o Circuito Popular de corridas de rua”, afirmou Bruno Covas ao blog Olhar Olímpico (UOL), do jornalista Demétrio Vecchioli.

Chegada do Circuito Caixa da Cidadania no Campo de Marte (Esportividade)

Se o Circuito Popular como existia até 2016 for restabelecido, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer será quem pagará toda a conta da realização das provas. Caso seja retomado nos moldes do Circuito Caixa da Cidadania, um patrocinador bancará os eventos – em 2017 e 2018, o investimento do banco no CCC foi de R$ 1,5 milhão por temporada, isto é, média de R$ 150 mil por etapa.

“São Paulo está hoje no mapa das cidades mais amigas da corrida de rua”, disse o prefeito. “São, em média, cinco eventos do tipo por fim de semana durante o ano todo. Hoje temos oito pontos tradicionais [como as regiões do Pacaembu, Ibirapuera e Jockey Club] para esses eventos, mas a intenção é ampliar isso.” Segundo ele, o sambódromo do Anhembi será, a partir de 2021, uma opção mais recorrente para as corridas de rua, mas o complexo passará a ser administrado pela iniciativa privada.

Covas ainda mencionou as duas maratonas paulistanas, a Maratona Internacional de São Paulo, da Yescom, e a SP City Marathon, da Iguana Sports, e o Ironman 70.3, da Unlimited Sports. Em razão da pandemia de covid-19, nenhum dos três eventos pôde acontecer em 2020.

Leia também:
Em 2020, corridas foram reduzidas em 87% (ou mais) na cidade de São Paulo

Deixe seu comentário