São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 12/01/2022

Esportividade e Eu e a Corrida tratam dos preços das inscrições em 2022

Por Esportividade

Inscrições para a São Silvestre-2021 custaram R$ 210 e já foram consideradas caras (Esportividade)

O editor do Esportividade, Andrei Spinassé, participará de um bate-papo ao vivo às 19h desta quarta-feira, 12 de janeiro de 2022, com Demétrius Carvalho, do Eu e a Corrida, com o tema “A corrida inflacionou?”. Você pode assistir à “live” no YouTube (clique aqui), cujo player encontra-se abaixo.

Serão abordados os preços de corridas em meio às consequências econômicas da pandemia de covid-19 e à maior inflação desde 2015. “O corredor vai escolher mais?”, “Correr menos?” e “Teremos corridas mais baratas, mas com menor qualidade?” são questões a serem respondidas.

O convite surgiu após a publicação do texto “Preços baixos de inscrições para corridas: ‘roubadas’ tendem a ser mais comuns“, em que o jornalista explicou por que em 2022 devem proliferar provas de qualidade duvidosa.

Assista ao bate-papo por aqui:

Comentários


  • Luiz Fernando Dias dos Santos g disse:

    As corridas no momento está muito caras

  • Artur Soares Da Conceição disse:

    Infelizmente quem veio para a apresentação não vez pesquisa nem levantamento. Não fizeram levantamento dos custos de uma prova e o valor e quantidades de patrocinadores. Os custos e patrocínio não justificam os altos valores cobrados nas inscrições. O ministério público deveria se pronunciar sobre os custos e patrocínio. É abusivo os preços cobrados.

  • Natanael da cunha disse:

    Olá parabéns a Esportividade, pelo debate. Sou corredor de rua desde os 13 anos, hoje com 58 anos. O Surgimento de Empresas que visam altos lucros para Fazer uma corrida, afastou atletas da Classe C, D e E. Assalariados que compram seus tênis em 10x, terem que pagar absurdo nas inscrições de Corridas. O que se ver é o número crescente de “pipoca”. Afastados das linhas de largada e da chegada.

  • Natanael da cunha disse:

    …. Continuando. Alguns atletas organizam treinos, onde o número de atletas variam de 30 a 50 pessoas. Valor o que puder contribuir, pois a maioria nada tem. Ainda se faz doações de Tênis usados, shots, camisas e até Dinheiro para ajudar na passagem de volta. Enquanto isso as inscrições passam de R$ 120,00 reais.

  • Natanael da cunha disse:

    Sou Natanael da Cunha, policial civil aposentado, professor de História e filosofia. Sou de Recife-PE. Na minha cidade participar das corridas tradicionais de rua que era aguardada com ansiedade. Os treinos eram orientado pelo professor. Tênis de corrida era caro e raro no comércio. Hoje corridas são caras, há muitos que participam sem inscrição. Apesar das camisas, estarem fechadas com grandes patrocinadores, as inscrições, são terrivelmente caras.

  • Joceley Fantin disse:

    A 10anos atrás quando iniciei em corridas de rua existia provas das mais diversas logísticas, tamanhos e gostos!
    Provas desde 5 e 10km até maratonas o diferencial era os preços!
    Eram justos e o corredor principalmente o amadores que mantém essas provas através do pagamento da inscrição, inscrição esta com custo benefício justificados e agradando ambas as partes!
    Muitas provas com dinheiro e troféus nas categorias e não só pra elite (isso é respeito com corredores amadores)
    Hoje tudo mudou…
    Transformou um mecanismo de ganhar dinheiro apenas, de forma injusta e superfaturada!
    Como falo vai quem quer porém hoje a grande maioria dos corredores já estão abrindo os olhos!
    Exemplo a são Silvestre mais de 200reais de inscrição pra pegar uma medalha!
    Aí organizadores hoje empresários de corridas tentam justificar o injustificável!
    Colocando os valores das inscrições na logística de prova!
    Ora hj quase todos os atletas tem uma calculadora em mãos sabem o que é gasto e o que arrecada num evento!
    São Silvestre por exemplo arrecada mais de 4 milhões de reais e não gasta 1milhao, sem contar que têm os patrocinadores que reduzem ainda mais os custos!
    E os prêmios cada vez menor pagava acima de 100mil ao primeiro colocado hoje paga a metade com a inscrição com preço em dobro!
    Quero deixar claro que não sou contra pagar pela inscrição, mas como falei é preciso cobrar um preço justo para ambas as partes, e infelizmente não é o que têm acontecido na grande maioria das provas!
    Isso só tende a aumentar o descrédito e descontentamento dos atletas e afasta-los destas provas!
    As corridas de rua não nasceram pra este propósito!

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.