São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Esporte 09/03/2015

Estudo indica que houve aumento de interesse das mulheres por esporte

Por Esportividade
Mulheres participaram em grande número da Princess Magical Run em 07/03/15

Mulheres participaram em grande número da Princess Magical Run em 08/03/15

Um estudo mostrou as diferenças de interesse por esporte entre as mulheres com menos de 50 anos e as com mais de 50. De acordo com o “Mulheres e Esportes”, do Ibope Repucom, que foi realizado em 24 países das Américas, da Europa e da Ásia, 48% das entrevistadas com idade inferior a 50 disseram ter muito interesse ou interesse pelo assunto, e entre aquelas com mais idade esse porcentual cai para 36%.

O diretor do Ibope Repucom José Colagrossi atribui esse aumento à prática esportiva escolar. “Essa diferença no nível de interesse das mulheres mais novas por esporte pode ser explicada em parte pelo fato de as escolas terem começado a incentivar a prática esportiva feminina somente na década de 1970. Estudos recentes mostram que o papel da escola é fundamental na transformação que vemos agora, sendo que mulheres que praticam muitas atividades físicas durante o período escolar têm três vezes mais chances de se tornarem muito interessadas em esporte ao longo da vida”, afirmou. “A influência de amigos, dos pais, da mídia e comunidade também é essencial para esse novo comportamento.”

De acordo com o Ibope Repucom, as modalidades preferidas pelas mulheres são corrida e ciclismo. “Assim como os homens, as mulheres são motivadas a praticar esporte pelo desejo de saúde e relaxamento. Enquanto os homens dão atenção a competições e vitórias, o gênero feminino se concentra nos benefícios físicos e emocionais”, diz o instituto.

“Tradicionalmente os homens veem a prática esportiva do ponto de vista da competição, da disputa e do desafio de serem melhores que os outros. Já as mulheres valorizam a saúde, a beleza física e o balanço emocional”, declarou Colagrossi.

Ainda segundo o Ibope Repucom, quando questionados sobre os motivos que os impedem de praticar atividades físicas, os homens citam questões como nível de condicionamento físico, idade e localização. As mulheres também mencionam esses itens, mas são mais propensas a incluir barreiras emocionais nessa lista, como medo do fracasso e vergonha.

O interesse das mulheres já se destaca e, de acordo com o estudo, alcança 46% delas – 69% dos homens se interessam por esporte.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.