São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Esporte 25/11/2020

Fisicamente ativos são 34% menos hospitalizados por covid-19, diz pesquisa

Por Esportividade

Esporte no parque da Aclimação (Esportividade)

Uma pesquisa brasileira chegou a um resultado que é animador para praticantes de exercícios físicos e serve de alerta para quem não os pratica. Segundo a Fapesp, que a apoiou, quem está no grupo dos esportistas e contraiu covid-19 foi 34,3% menos hospitalizado do que quem não era “suficientemente ativo”, isto é, quem antes da pandemia não praticava semanalmente pelo menos “150 minutos de atividades de intensidade moderada ou 75 minutos de alta intensidade”.

Entre os 611 participantes da pesquisa online – já recuperados da covid-19 – que eram “suficientemente ativos”, 49 foram hospitalizados (8%); entre os 327 não tão esportistas assim, 42 (12,8%).

De acordo com a Agência Fapesp, mesmo após descontada a influência de fatores de risco, como maior idade e obesidade, no resultado final, foi possível observar uma redução de 34,3% na prevalência de hospitalização no grupo “suficientemente ativo”.

“Buscamos avaliar se havia alguma redução na prevalência de hospitalização também entre os que praticavam atividades por um período menor que o recomendado, mas, nesse caso, a diferença não foi significativa do ponto de vista estatístico”, afirmou à Agência Fapesp Marcelo Rodrigues dos Santos, pós-doutorando na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e idealizador da pesquisa.

O artigo, ainda não revisado por pares, diz, porém, que ser “suficientemente ativo” não deu uma proteção adicional àqueles pacientes que foram hospitalizados. “Não houve diferença na prevalência de intubação, suplementação de oxigênio, sintomas e duração da internação entre essas pessoas e os pacientes inativos”, afirmaram os autores.

Deixe seu comentário