São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 28/12/2017

Mais de 90% dos inscritos na São Silvestre-2017 têm 30 anos ou mais

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Corrida Internacional de São Silvestre (Fernando Dantas/Gazeta Press)

Três dias antes da 93ª edição, a São Silvestre divulgou números da corrida. A partir disso é possível ter melhor noção de quem são os participantes. Há 30 mil inscritos. As inscrições custavam R$ 170.

camVocê em ação na corrida: encontre e baixe sua foto
Clique aqui para ver suas fotos como participante da Corrida de São Silvestre-2017, a 93ª edição; ache as dos amigos também!

A participação feminina, que é de 30,57% dos atletas inscritos em 2017, não chega a ser uma surpresa, já que em 2016 elas representavam 30,8% dos que completaram a famosa prova de 15 km em São Paulo. Mas talvez o recorde de presença das mulheres, estabelecido em 2016, não seja batido. Só depois do evento isso poderá ser constatado.

São Silvestre-2016 (Esportividade)

O que se supunha e se confirmou é que o público que corre na mais tradicional corrida de rua brasileira já deixou a adolescência há algum tempo: somente 9,87% dos inscritos têm menos de 30 anos. A faixa etária com mais representantes é a 35/39: 18,10%. Existem mais pessoas idosas inscritas que com idade inferior a 30 anos (leia mais sobre isso abaixo).

Não é surpreendente que o Estado mais populoso do Brasil também seja o com mais representantes: 69,34% dos corredores moram em São Paulo. Cerca de 183 atletas são de fora do país.

Clique aqui para obter muito mais informações sobre a São Silvestre-2017. Confira agora as estatísticas fornecidas pela organização da SS.

Faixa etária (%)

18/19: 0,53
20/24: 2,50
25/29: 6,84
30/34: 12,90
35/39: 18,10
40/44: 16,47
45/49: 13,44
50/54: 10,83
55/59: 7,28
60/64: 5,89
65/69: 3,22
70+: 2

Sexo (%)

F: 30,57
M: 69,43

Estado (%)

AC: 0,04
RR: 0,08
RO: 0,12
PI: 0,17
AP: 0,18
TO: 0,29
PB: 0,31
AL: 0,34
MA: 0,34
RN: 0,35
SE: 0,38
MT: 0,41
AM: 0,46
MS: 0,48
PA: 0,57
ES: 0,76
CE: 0,82
GO: 1,05
PE: 1,09
BA: 1,14
RS: 1,53
DF: 1,93
SC: 2,66
PR: 4,25
MG: 4,41
RJ: 6,51
SP: 69,34

País (%)

Bahamas: 0,01
Bahrain: 0,01
Bélgica: 0,01
Burkina Faso: 0,01
Cingapura: 0,01
Eslováquia: 0,01
Guatemala: 0,01
Filipinas: 0,01
Senegal: 0,01
Uganda: 0,01
Venezuela: 0,01
Suécia: 0,01
Suíça: 0,01
Finlândia: 0,01
México: 0,01
Holanda: 0,01
Inglaterra: 0,01
Espanha: 0,01
Austrália: 0,01
Costa Rica: 0,01
Reino Unido: 0,01
Dinamarca: 0,01
Canadá: 0,01
Franca: 0,01
Tanzânia: 0,01
Peru: 0,01
Portugal: 0,01
Etiópia: 0,02
Paraguai: 0,02
Itália: 0,02
Japão: 0,02
Equador: 0,02
Bolívia: 0,03
Quênia: 0,04
Chile: 0,04
Colômbia: 0,05
Alemanha: 0,06
Argentina: 0,09
Estados Unidos: 0,09
Brasil: 99,39

Esporte x idade

São Silvestre-2016 (Esportividade)

O Diagnóstico Nacional do Esporte (Diesporte) mostrou que há muita interrupção da prática esportiva quando se tem de 16 a 24 anos: 45% dos entrevistados que a abandonaram disseram em 2013 ter parado quando se encontravam nessa faixa etária. Quase 90% dos abandonos esportivos acontece até os 34 anos.

Os principais motivos para entrevistados não praticarem esporte em 2013 foram a falta de tempo e outras prioridades (58,8%), e pessoas com idade entre 20 e 24 foram as que mais responderam assim (68,2% delas disseram isso).

“Tais circunstâncias sugerem que o abandono está relacionado ao período em que o indivíduo sai da escola e vai ao mundo do trabalho”, diz análise do Ministério do Esporte.

“A falta de tempo por motivos de estudo, trabalho ou família foi apontada por 69,8% dos brasileiros como a razão pela qual abandonaram a prática de esportes ou de atividades físicas.”

Comentários


  • MARLENE EDER disse:

    Agora sim , Parabéns , pela organização, agua a vontade, ambulâncias, paramedicos , tudo deu certo . Só tenho a agradecer a excelente recepção. AMEEEEEI . Corro desde 1998, e sem duvida arrazaram em tudooooooooooooooooo, .

  • Marcos Yoshio disse:

    Melhorou muito, a largada foi fácil, porém existem corredores que não respeitam seu pace, observei que corredores com numeração azul abaixo do pace que seria necessário para estar no local, assim como alguns poucos corredores com vermelho presente na mesma área. Porque será que alguns corredores não RESPEITAM seu pace. A organização poderia adotar o que a CORPORE fazia. Com o banco de dados, ( tempo de conclusão da S.S))
    determinava onde o corredor deve largar.
    Melhorou muito.

  • O que acaba impedindo muita gente de participar da São Silvestre é o alto custo. Teriam mais participantes se os kits fossem encaminhados pelo correio. Sem esquecer que o novo local da entrega dos kits não tem estacionamento público, só particular o que majorou os gastos em vinte reais. Ou seja: gastamos com inscrições, viagens para retirada do kit e participação na São Silvestre e agora mais o estacionamento. Era pra ser popular a São Silvestre, mas a cada ano está sendo mais elitizada. Que pena! Ano que vem estarei fora.

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.