São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 08/12/2016

Médico recomenda avaliação cardiovascular antes da São Silvestre

Por Esportividade
Atletas passam em frente ao Theatro Municipal duranteSão Silvestre (Fernando Dantas/Gazeta Press)

Atletas em frente ao Theatro Municipal durante São Silvestre (Fernando Dantas/Gazeta Press)

Quem se inscreveu na São Silvestre está garantido na 92ª edição da mais tradicional corrida de rua do Brasil; quem não o fez não se inscreve mais. Nas próximas três semanas, os trinta mil participantes inscritos ainda têm uma lista de coisas a fazer, como treinar mais, alimentar-se corretamente, dormir bem e retirar o kit. Ainda dá tempo de os atletas fazerem um check-up cardiológico caso não tenham passado por um recentemente.

De acordo com Nabil Ghorayeb, cardiologista e médico do esporte do HCor (que é o Hospital do Coração), uma avaliação cardiovascular compreende consulta especializada e eletrocardiograma, teste ergométrico exclusivamente feito por médico, além de exames laboratoriais para conhecer os níveis das gorduras e da glicose. Outros exames apenas o médico deve julgar se são necessários.

“É importante aproveitar para corrigir os problemas agora para saber o que e quanto consumir de líquidos e sais minerais e o quanto você perde de peso na distância da corrida (serão 15 km)”, afirmou Nabil Ghorayeb. “Nos treinos já é possível acompanhar tudo para usar depois na prova. Sintomas de dores no peito e pelo corpo, mal-estar geral, palpitações, falta de ar, azia, tonturas etc. o obrigam a procurar um médico de imediato. O inchaço das pernas e até tosse podem indicar algum problema cardiovascular.”

Atividade física faz bem e, quando praticada regularmente e com orientação adequada, previne o surgimento de fatores nocivos ao coração como pressão alta, diabetes, colesterol e obesidade e reduz o risco de infarto agudo do miocárdio.

“Os riscos da corrida, no entanto, estão relacionados principalmente aos ‘atletas de fim de semana’, ou seja, pessoas que correm sem ter passado por nenhuma avaliação cardiológica ou orientação”, afirma o texto da assessoria de imprensa do HCor.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.