São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 15/10/2021

Organização da São Silvestre esclarece se será preciso testar negativo para covid

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Viaduto Orlando Murgel durante a 94ª São Silvestre (Esportividade)

A organização da Corrida Internacional de São Silvestre alterou o regulamento da 96ª edição a fim de esclarecer se todos os atletas inscritos terão de testar negativo para covid-19 antes de participar da prova de 15 km em 31 de dezembro de 2021, sexta-feira, em São Paulo. Segundo os organizadores, somente precisarão fazer teste rápido de antígeno ou exame PT-PCR aqueles que tiverem tomado uma dose de vacina – com exceção da Janssen. Pessoas que não deram início ao esquema vacinal não poderão estar no evento. As determinações são do governo estadual.

Há regras específicas para quem não tomou a segunda dose. Os que optarem pelo RT-PCR terão dois dias para retirar kit, 29 e 30 de dezembro de 2021, com teste efetuado pelo menos 48 horas antes de entrar no local, e os que escolherem o de antígeno só terão o dia 30/12, com teste feito com 24 horas ou menos de antecedência. Atletas com esquema vacinal completo escolherão um dos quatro dias, 27, 28, 29 e 30 de dezembro.

A variante delta, prevalecente em SP, é mais contagiosa do que as outras e, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, agência do governo federal dos Estados Unidos, pode ser transmitida mesmo por pessoas com esquema vacinal completo – com carga viral similar à das não vacinadas. Mas, ainda segundo o CDC, “pessoas vacinadas parecem espalhar o vírus por menos tempo que as não vacinadas”.

Máscara

Corredores sobem a Brigadeiro em 31/12/2020 (Esportividade)

O uso de máscara será obrigatório no lugar em que os kits serão entregues. Quanto à utilização na prova em si, o regulamento diz: “Será obrigatório o uso de máscara na região das vias respiratórias durante todo o período de permanência na arena da prova presencial, a qual compreende as áreas de largada e chegada, incluindo a dispersão, e, preferencialmente, sempre que possível, em todos os momentos da corrida, durante o percurso, para segurança dos participantes”.

Existe a possibilidade de, já nas próximas semanas, o governo estadual anunciar o uso facultativo de máscara ao ar livre, tornando menos forte o pedido da organização.

Possível adiamento e inscrições

“Km 41” (na verdade, 14) da São Silvestre tem cerveja (Esportividade)

O regulamento ainda menciona a possibilidade de adiamento da 96ª São Silvestre, que, se for adiada pela terceira vez em decorrência da pandemia de covid-19, será remarcada para 10 de julho de 2022 ou 31 de dezembro de 2022.

Por enquanto, o limite de atletas inscritos continua a ser de 35 mil, mas a Fundação Cásper Líbero pode, a qualquer tempo, limitar o número de inscrições do evento sem prévio aviso. As inscrições (clique aqui) custam a partir de R$ 210.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste site jornalístico.