São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 29/08/2021

Poder público leva corrida mais a sério, e Volta SP 10k cumpre papel para o setor

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Chegada da Volta SP 10k (Esportividade)

Fotos: clique aqui e encontre as suas.

Importante: atletas da Volta SP 10k são testados de graça neste sábado (4) e ajudam setor.

Com mais respaldo do poder público paulista que sua antecessora, a Volta SP 10k cumpriu o papel que se esperava dela: o de ser um evento-modelo para a retomada efetiva do setor no estado. As medidas tomadas pela Abraceo, o número reduzido de atletas — 775 chegaram ao fim — e a largura considerável da marginal do rio Pinheiros contribuíram para a não aglomeração dos participantes.

camVocê em ação na corrida: encontre e baixe sua foto
Clique aqui para conferir suas fotos como participante da Volta SP 10k de 2021; ache as dos amigos também!

Apesar de o evento-teste anterior, realizado em outubro de 2020, também ter mostrado ser possível correr sem se aglomerar, aquela não foi uma corrida de rua convencional: a participação exclusiva de convidados (138 deles) e o percurso, totalmente dentro do sambódromo do Anhembi, eram elementos que não simulavam direito a realidade. Além disso, os contextos político (pré-eleitoral municipal) e sanitário não permitiram que surtisse o efeito imaginado.

Atletas concluem a Volta SP 10k (Esportividade)

Agora, neste mês de agosto de 2021, o poder público levou mais a sério as demandas do setor. Dois secretários estaduais, Patricia Ellen, de Desenvolvimento Econômico, e Aildo Rodrigues Ferreira, de Esportes, compareceram ao evento e falaram ao microfone antes da largada.

Editor do Esportividade é testado na entrega de kits da Volta SP 10k (Esportividade)

Devido a esse caráter oficial, os atletas tiveram de testar negativo para covid-19 horas antes da Volta SP 10k. A organização fez parceria com um laboratório para oferecer, por R$ 69,90 adicionais, um teste rápido de antígeno no mesmo lugar da entrega de kit, a Decathlon Morumbi.

Segundo a Associação Brasileira dos Organizadores de Corridas de Rua e Esportes Outdoor, não houve resultados positivos, e o monitoramento vai continuar nos próximos dias. Não foi exigido comprovante de vacinação, medida que entrará em vigor, para eventos com público superior a 500 pessoas, em 1º de setembro, quarta-feira, na cidade de São Paulo.

Pré-largada da Volta SP 10k (Esportividade)

Neste domingo, a grande área gramada do parque do Povo, onde foi montada a base do evento, proporcionou uma “arena” bastante espaçada. Após uma triagem, na pista expressa da marginal do rio Pinheiros, os corredores se dirigiram para as suas respectivas baias, as quais dependiam do tempo de prova estipulado por cada um. Largadas com até 120 pessoas foram autorizadas a cada minuto.

Uso de máscara durante a prova não foi predominante (Esportividade)

O único porém foi o não uso de máscara durante a prova por uma parcela bastante considerável dos atletas, especialmente os mais rápidos. A utilização dela era obrigatória em todos os momentos, mas muitos a tiraram totalmente ou parcialmente do rosto — alguns o fizeram inclusive com menos de 200 metros de percurso.

Volta SP 10k marcou retorno das corridas à cidade de São Paulo (Esportividade)

Esse modelo mostrou-se compatível com eventos de corrida de porte menor, similar ou um pouco maior, mas sua implementação para os grandes, como São Silvestre e 10 Km Tribuna FM, é duvidosa, uma vez que, além de o maior tamanho levar naturalmente a aglomerações, outras variáveis estão envolvidas — até mesmo “pipocas”, isto é, aqueles não inscritos que correm mesmo assim.

Resultados

Clique aqui e confira o seu. O ritmo foi forte: quase metade dos homens concluiu 10 km em menos de 50 minutos. Havia também uma prova de 5 km.

Comentários


  • Dario Mello disse:

    Excelente matéria, levantando todos os aspectos, dificuldades e principalmente, demonstrando que o modelo atendeu às medidas. Parabéns Esportividade !!!!

  • Lielson Tiozzo disse:

    Esportividade, não deveríamos considerar o não uso de máscara durante o percurso como um porém. Simplesmente correr com máscara é inviável e impraticável. No mundo todo estamos vendo o retorno das corridas e os atletas não usando máscara. A Maratona de Assunção mesmo. Aconteceu no mesmo dia e pelas fotos dá para perceber que não foi exigido o uso durante o percurso. Simplesmente porque é desumano. Se todos foram testados e houve um rígido protocolo – e ainda presumimos que muitos dali foram vacinados com pelo menos a primeira dose da vacina – deveria existir o verdadeiro respeito com o atleta. A Secretaria de Saúde deveria rever o posicionamento quanto à exigência da máscara numa prática esportiva. Repare que nos treinamentos a maioria já abandonou o equipamento porque é inviável.

    • Esportividade disse:

      Olá, Lielson! Um depoimento: eu, Andrei, corro 100% do tempo de máscara desde julho de 2020. E já fiz mais de 20 treinos de meia maratona em 2021, todos eles de máscara em 100% do tempo. E bati meu RP no domingo, na Volta SP 10k, sempre com máscara. Boa tarde!

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste site jornalístico.