São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Prefeitura de SP quer atrair iniciativa privada para Circuito Popular melhorar

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Largada de etapa do Circuito Popular paulistano (Guilherme Guidetti/Seme)

Largada de etapa do Circuito Popular paulistano (Guilherme Guidetti/Seme)

O novo secretário de Esportes, Lazer e Recreação do município de São Paulo, José de Lorenzo Messina, está disposto a permitir que a iniciativa privada possa participar mais do Circuito Popular de corrida de rua, mas sem que isso signifique aumento de gastos públicos. Em uma entrevista exclusiva dada ao Esportividade em 2 de maio de 2016, em seu gabinete, o substituto de Celso Jatene, que retornou à Câmara paulistana, apontou duas frentes que podem ser trabalhadas nos próximos meses para que os atletas tenham uma melhor experiência nas provas do Circuito.

“Existe uma oportunidade enorme de o Circuito Popular melhorar”, disse Messina, que em 10 de abril acompanhou a etapa da Cidade Tiradentes, na zona sul. Mas o secretário considera o desempenho da empresa contratada pela prefeitura para a realização do projeto, a EM Empresarial, adequado a quanto lhe é pago para o serviço.

Uma ideia que pode ser colocada em prática já nas próximas etapas é, com uma “política mais permissiva” e “preços mais atrativos”, a secretaria tentar atrair food trucks aos locais das provas. “Nós poderíamos colocar nas corridas alguns food trucks perto da área de largada/chegada, o que não custaria nada para nós. Simplesmente abriríamos essa possibilidade. A população termina a corrida e bebe água, a qual lhe fornecemos. No entanto, atualmente, se os corredores quiserem tomar um açaí, um líquido mais elaborado, comer um sanduíche integral, eles não terão isso”, afirmou Messina.

Em vez de tentar atrair patrocinadores que ajudem a custear as corridas, a secretaria aceitará, após a publicação de edital, que empresas demonstrem interesse em fazer permutas envolvendo o Circuito. Com isso, os kits das provas poderão ficar mais recheados. “Daremos em contrapartida a exposição de logotipo ou o direito de eles fazerem no local experimentação de produtos”, declarou o secretário.

Quando a reportagem do Esportividade mencionou as sugestões dadas ao Circuito pelos próprios leitores do guia esportivo em 2015, o secretário avaliou positivamente a ideia de as medalhas do Circuito receberem adesivos de identificação conforme a etapa. Também disse poder levar adiante um maior controle da distribuição de cupons de inscrição nas subprefeituras, já que às vezes uma única pessoa retira códigos de inscrição para dezenas de amigos.

A próxima etapa do Circuito Popular de corrida de rua paulistano será a de Santana, na zona norte de São Paulo, em 5 de junho. E as inscrições, porém, ainda não foram iniciadas. O site do evento é http://goo.gl/Ff6eWd. Atletas se inscrevem gratuitamente nas provas do Circuito.

E nesta semana o Esportividade publicará reportagens com as novidades contadas pelo secretário José de Lorenzo Messina na entrevista. Confira o calendário dos textos:

3.mai: Circuito Popular de corrida
4.mai: Legado olímpico em São Paulo
5.mai: Como será a Virada Esportiva-16
6.mai: Secretaria de agora ao fim do ano

Leia também:
Cidade de São Paulo tem um novo secretário de Esportes; saiba quem é

Deixe seu comentário