São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Na Chácara, projeto Pequeninos do Jockey mantém espaço, diz prefeitura

Por Esportividade
Campo de futebol da Chácara do Jockey (Fernando Pereira/Secom)

Campo de futebol da Chácara do Jockey (Fernando Pereira/Secom)

A Prefeitura de São Paulo diz não pretender tirar o espaço do projeto Pequeninos do Jockey na Chácara do Jockey, cuja área foi declarada de utilidade pública e vai ser transformada em um parque público municipal.

O Pequeninos do Jockey, fundado oficialmente em 1970, é um formador de jogadores de futebol. Já passaram pelo time atletas como André Luiz, que já foi lateral de São Paulo e Corinthians, Tonhão, ex-zagueiro palmeirense, Júlio Baptista, meia que atualmente defende o líder Cruzeiro, e Zé Roberto, meia do Brasil na Copa do Mundo de 2006 e nos dias de hoje jogador do Grêmio.

A matriz do projeto é justamente a Chácara do Jockey (rua Santa Crescência, 323, uma travessa da avenida Professor Francisco Morato, no distrito da Vila Sônia, na zona oeste de São Paulo). Na ação de desapropriação do imóvel, a prefeitura ofereceu R$ 63,9 milhões pela área. O valor da indenização vai ser compensado pela dívida de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) que o Jockey tem com a administração municipal. Com isso, a prefeitura não desembolsará o valor da indenização para desapropriação da Chácara.

Chácara do Jockey (Fernando Pereira/Secom)

Chácara do Jockey (Fernando Pereira/Secom)

Segundo o prefeito Fernando Haddad, apesar de não haver prazo para a abertura do espaço ao público, as obras de readequação são simples. As árvores serão mantidas, as cocheiras serão preservadas e utilizadas para atividades culturais e um prédio de 4.000 metros quadrados, que nunca foi finalizado, deverá ser reformado para abrigar ações de educação e cultura. Uma inspetoria da Guarda Civil Metropolitana (GCM) será instalada no local e um projeto de melhoria da iluminação será realizado.

Para Haddad, “o parque não será usado para nenhum órgão de administração pública e, sim, para atividades voltadas ao lazer, esporte, cultura e educação”.

“Quem trabalha sério não perde espaço. Assim, os Pequeninos do Jockey não perderão seu espaço”, disse Celso Jatene, secretário de Esportes, Lazer e Recreação do município. A proposta da secretaria é manter e dar apoio aos meninos que jogam futebol no espaço e agregar outras atividades esportivas, como o temático de artes marciais e o de dança. A prefeitura já recebeu a posse da Chácara do Jockey.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.