São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Rio-2016 01/07/2015

Rio-16: 2ª fase da venda de ingressos é marcada por dúvidas sobre tática

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Ingressos Rio-2016 (brasil2016.gov.br)

Crédito: brasil2016.gov.br

Incerteza é a palavra que melhor define a segunda fase da solicitação de ingressos da Olimpíada de 2016, a do Rio de Janeiro, desta quarta-feira, 1º de julho, até o dia 19, um domingo (clique aqui). A primeira etapa já foi marcada pelas dúvidas se o solicitante seria ou não sorteado, e essas dúvidas agora aumentaram – principalmente para quem já obteve ao menos um ingresso.

O candidato a espectador dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 que já participou da primeira fase abre um novo pedido ao selecionar novas sessões. Tem de fazer todo o procedimento novamente, inclusive escolher forma de pagamento e número de parcelas. A única bandeira de cartão de crédito aceita é a Visa, mas foi dada a opção de pagamento virtual – “cartão” pré-pago – para quem tem MasterCard, por exemplo.

Os questionamentos sobre quais são as chances que cada um possui de conseguir ingressos advêm do critério a ser usado a partir de agora, já que, na primeira fase, todos teoricamente tinham chances iguais.

Segundo o Comitê Rio-2016, os torcedores serão colocados em um ranking de quantidade de ingressos comprados: estarão em primeiro todos aqueles que não foram sorteados para nenhuma sessão no primeiro sorteio. Depois disso, virão as pessoas que foram contempladas com apenas uma sessão e assim sucessivamente. O sorteio vai ser realizado “em blocos”, primeiro para quem não ganhou nenhuma sessão, o seguinte para quem ganhou apenas uma, e assim por diante, até que seja suprida toda a demanda ou até que os ingressos disponíveis sejam esgotados.

De acordo com informações passadas pelo Comitê Rio-2016 ao fim da primeira fase, mas antes de serem feitos os pagamentos, 65,5% das pessoas haviam sido sorteadas para pelo menos uma sessão.

Ou seja, a prioridade agora será dos 34,5% que não foram contemplados de maneira alguma, mas mesmo estes não têm certeza de muita coisa.

Confira um exemplo dado pelo site do Rio-2016 (quantidades fictícias):

– A sessão HB040 (semifinal de handebol feminino) tem 800 ingressos disponíveis e 1.200 pessoas solicitaram ingressos para essa sessão.

– 250 pessoas que não haviam sido sorteadas solicitaram dois ingressos ingressos cada uma (total de 500 ingressos) – elas serão contempladas com ingressos para a sessão HB040. A partir desse momento, esses torcedores não são mais prioridade no próximo sorteio de sessão, já que eles agora passam para a “fila” dos que foram sorteados para uma sessão.

– Cem pessoas que haviam sido sorteadas para uma sessão solicitaram três ingressos (total de 300 ingressos). Elas serão contempladas com ingressos para a sessão HB040. A partir desse momento, esses torcedores estarão na “fila” dos que ganharam duas sessões

– Os 800 ingressos terão donos, mas isso significou uma mudança no status de cada um deles; agora já integram outro “time”.

Dúvidas sobre estratégia a ser usada

Dessa forma, ficam ao torcedor as perguntas: vale a pena pedir ingressos para sessões menos concorridas, obtê-los e, consequentemente, ter menos chances nas mais concorridas? Ou é melhor sair em busca “da sessão”, sem optar por eventos menos concorridos, a fim de ter mais possibilidade de conseguir um ingresso para essa sessão mais cobiçada?

Quantidades

Nesta segunda fase, serão 57% dos ingressos disponíveis para fases preliminares – todos os outros serão para fases finais: 14% para quartas de final, 14% para semifinais e 15% para as sessões com disputa de medalha. Do total de ingressos, 28,5% estarão disponíveis para fora do Rio de Janeiro, nas cidades do futebol.

Esgotamento

A Arena Corinthians, em Itaquera, na zona leste de São Paulo, sediará três rodadas duplas e outros quatro jogos em dias distintos. Já estão esgotados os ingressos para a rodada dupla de 10 de agosto, válida pela primeira fase do torneio masculino, e para uma partida masculina de quartas de final que vai ser disputada lá em 13 de agosto.

Esgotamento é outro drama para quem participa da segunda etapa de obtenção de bilhetes olímpicos. Existem as sessões com ingressos totalmente esgotados e as com entradas parcialmente esgotadas – neste caso, sobraram os bilhetes mais caros. E só clicando em cada sessão se descobre a real situação.

Próximos passos

O resultado do segundo sorteio será divulgado em agosto de 2015. Em outubro será iniciada a venda direta online; em outubro, uma ferramenta de revenda será disponibilizada no site do evento. Torcedor poderá “devolver” ingressos para o Rio-2016. Assim que a entrada for vendida, o torcedor receberá de volta 100% do valor do seu ingresso.

Em maio de 2016, o Comitê Rio-2016 começará a enviar os ingressos aos torcedores. Em junho, haverá a abertura das bilheterias para venda e retirada.

Pagamento usando cartão de crédito

Como não é possível cancelar parcialmente um pedido após um sorteio bem-sucedido, os contemplados têm de comprá-lo na íntegra. Isso pode ser uma dificuldade para aqueles cuja sorte foi grande, mas estão com baixo limite no cartão de crédito.

“Verifique se você tem limite de crédito disponível no seu cartão para o valor total do pedido e não apenas para as parcelas”, deixa claro o Comitê Rio-2016. O site do banco Bradesco explica como funciona o parcelamento de despesas: “Este compromete seu limite de crédito no valor total da compra. À medida que as parcelas são pagas, limite é proporcionalmente restabelecido”.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.