São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 03/08/2017

Saiba como ser financeiramente capaz de realizar seus sonhos de corredor

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Atletas amadores com edifício Itália ao fundo (Andrei Spinassé/Esportividade)

Participar da São Silvestre é um desejo da vários corredores (Esportividade)

Agosto é um mês-chave para os praticantes de corridas de rua. Sete meses inteiros se passaram e várias provas já foram disputadas, mas muito ainda está por vir. Nem sequer as inscrições para a São Silvestre foram abertas! Fica a pergunta: como ter dinheiro para correr nos eventos deste segundo semestre e ainda conseguir pagar as inscrições dos de 2018, sabendo que, em novembro, os organizadores costumam liberar boas ofertas? O educador financeiro Ricardo Natali escreveu um artigo – dedicado especialmente aos corredores – que responde a essa questão.

São quatro os passos: definir prioridades, economizar na compra dos equipamentos necessários, planejar o calendário com antecedência e aproveitar as corridas gratuitas.

Segundo Ricardo, a primeira ação a ser tomada é a definição de três sonhos: um de curto prazo (como participar de duas corridas por mês), um de médio (como viajar a outro Estado a fim de fazer uma prova) e um de longo (como completar a Maratona de Nova York). Em seguida, o corredor deve pesquisar preços de cada um dos sonhos. “Depois que souber quanto custa cada um, basta colocá-los no orçamento mensal”, diz.

O novo padrão de vida do atleta é aquele após a inserção no orçamento mensal dos três sonhos de corredor. “Você sabe qual é seu salário. Dele você retira mensalmente o valor para realizar os três sonhos e, após isso, gasta o restante com suas despesas. Esse gasto é seu  padrão de vida. Adapte seu padrão de vida priorizando a realização dos sonhos, ou seja, primeiro guarde o dinheiro para quitar os valores necessários para realizar suas corridas de rua, e o que sobrar você deve utilizar para todos os gastos mensais (como moradia, alimentação, transporte, bem-estar e investimentos)”, explica.

Será necessário, assim, reduzir gastos e fazer compras mais baratas, como “até mesmo escolher modelos de tênis antigos da mesma marca, uma vez que eles costumam ter bastante qualidade e ser mais baratos”.

Fazer inscrições com antecedência também garantirá ao corredor uma economia, já que, em vários eventos, a compra antecipada significa a aquisição de inscrição em lote de valor mais baixo. Ricardo lembra: “Aproveite cupons de desconto que encontrar na internet; alguns organizadores distribuem descontos para promover as provas”.

O educador financeiro trata da importância das corridas de rua gratuitas no planejamento financeiro: “Uma boa forma de economia é intercalar corridas gratuitas e pagas no seu calendário; dessa forma, o ‘preço médio’ do seu gasto anual com corridas ficará mais baixo”.

O artigo completo de Ricardo Natali pode ser lido clicando aqui.

Comentários


  • GABRIELA disse:

    Excelente matéria Esportividade.. Com valores cada vez mais elevados o negócio é se planejar sempre….

  • Luiz Fernando Pacheco disse:

    Parabéns pessoal do Esportividade por mais uma matéria relevante e interessante! Ótimas dicas para economizar nessa época de crise, planejar é fundamental. Abraços e boas corridas a todos!

  • Deixe seu comentário


    Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.