São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
De bem com a vida 02/12/2014

Ser ‘atleta de fim de semana’ não é vantajoso e pode ser até perigoso

Por Milena Nogueira

10317257636_1202a55c9c_o

Olá, pessoal! Muitas pessoas me perguntam sobre atividades físicas intensas somente nos fins de semana. Essa é uma pergunta clássica, pois a maioria das pessoas trabalha e estuda, não encontrando tempo suficiente para exercitarem-se durante a semana.

O que acontece é que, após 24 horas, o nosso organismo espera de um novo estímulo. Caso esse estimulo só aconteça depois de uma semana, o corpo “esquece” que recebeu o estímulo e volta à estaca zero.

3392880219_a40c3088cb_z

Os “atletas de fim de semana” criam uma falsa sensação de saída do sedentarismo, mas na prática o resultado é nulo. Inclusive em relação à superação física e à dieta.

E essa prática pode ser perigosa, especialmente para o coração de quem joga futebol uma por semana. Isso porque o futebol é uma modalidade com vários estímulos. Ao alternar corrida e descanso, o coração trabalha um pouco fora do seu “normal” e isso pode ser muito perigoso.

Apesar das dificuldades, o ideal é criar uma rotina semanal de exercícios, que devem ser praticados, no mínimo, três vezes por semana por cerca de uma hora. E com a supervisão de um profissional gabaritado.

Eu sei que às vezes é muito difícil, mas acredite que os benefícios compensam. Hoje eu fico por aqui!

Sobre Milena Nogueira

É educadora física, trabalha como personal trainer e figura no rol das profissionais da saúde mais requisitadas da área. Confira aqui no Esportividade as dicas e explicações sobre atividade física e escreva a ela: [email protected] e www.milenanogueira.com.br

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.