São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Rugby 03/11/2014

Times com uniformes semelhantes e torcidas vibrantes decidem o Super 10

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
São José disputando semifinal com Desterro (CBRu/Divulgação)

São José disputando semifinal com Desterro (CBRu/Divulgação)

A final do Super 10, o Campeonato Brasileiro masculino de rugby XV, será disputada por equipes cujas cores são o vermelho e o azul – ou o azul e o vermelho. São José e Curitiba entraram em campo no domingo passado, dia 2 de novembro, com uniformes que pareciam variações de uma mesma ideia. Um derrotou o Desterro e o outro, o Spac. Agora os times vão decidir o título neste sábado, a partir das 13h, no mesmo estádio Nicolau Alayon, o do Nacional, na zona oeste paulistana.

Curitiba duelando com Spac (CBRu/Divulgação)

Curitiba duelando com Spac (CBRu/Divulgação)

As torcidas de São José e Curitiba foram as mais animadas no domingo de semifinais. A do Curitiba praticamente não parou de cantar durante o jogo. Apesar dos uniformes semelhantes e de terem sido as duas melhores da fase de classificação, existe uma diferença entre as equipes joseense e curitibana: enquanto a de São Paulo já conquistou oito títulos brasileiros e é a maior vencedora deste século, a do Paraná tentará obter seu primeiro.

Embora a final seja na capital paulista, a cidade não terá representante na decisão. O Spac, maior campeão da modalidade, teve muitas dificuldades para passar pela fortíssima defesa curitibana: somente conseguiu marcar três pontos por ter sido bem-sucedido na cobrança de um penal; depois disso, não mais pontuou e ainda levou 22 pontos. O São José é, assim, quem representa o Estado de São Paulo na decisão: conseguiu impor seu jogo no segundo tempo contra o catarinense Desterro e o derrotou por 22 a 13.

Mas, para a equipe joseense vencer a curitibana neste sábado, terá de conseguir encontrar uma forma de pontuar: em dez jogos disputados neste Super 10, o Curitiba apenas sofreu 45 pontos – só teve dois tries contrários. Para se ter uma ideia de quão bom é esse número, o São José tomou 108 pontos até agora. Só que o São José é dono do melhor ataque da competição, o que lhe dá esperanças para sábado.

Os espectadores terão de levar 1 kg de alimento não perecível para poderem entrar no estádio Nicolau Alayon neste dia 8.

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.