São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Cultura 12/03/2015

Usuários do metrô paulistano veem exposições sobre futebol e rugby

Por Esportividade
Mostra na estação Clínicas (Rugby Animal)

Mostra na estação Clínicas (Rugby Animal)

O esporte está presente em estações de metrô de São Paulo neste mês. A exposição “Onde Mora o Futebol”, na Jardim São Paulo, e “Mostra Rugby Animal”, na Clínicas, já podem ser vistas pelos usuários do sistema de transporte.

Fotos do futebol no Brasil

O projeto Linha da Cultura do Metrô apresenta, na estação Jardim São Paulo, Linha 1-Azul, a exposição “Onde Mora o Futebol”. A mostra, do fotógrafo Caio Vilela, entrou em cartaz na na terça-feira, dia 10 de março.

O fotógrafo percorreu as cinco regiões do país e registrou a modalidade nos mais variados cenários. As imagens revelam jogadores que estão longe dos holofotes da mídia e um Brasil que poucos conhecem.

Estão expostas 30 fotografias que mostram o futebol onde ele mora, “na alma da cultura brasileira”. O público confere imagens que retratam a essência do esporte, jogado nas ruas e com pés descalços.

A exposição é itinerante e ficará na Jardim São Paulo até o dia 31 de março. Em abril, desembarcará na estação Santa Cecília. No mês de maio, será a vez de Sacomã. A visitação pode ser feita no horário de funcionamento das estações, das 4h40 à meia-noite.

Ilustrações e rugby

A “Mostra Rugby Animal” entrou em cartaz na estação Clínicas, da Linha 2- Verde, na terça-feira, dia 10. São 20 painéis ilustrados com personagens “animais” praticando rugby, de novo uma modalidade olímpica.

O projeto, idealizado por Renato Motta e Luís Naretto, revela uma turma de personagens animais com características próprias. Pretende mostrar para as crianças e adolescentes fãs de esporte que, independentemente dos atributos físicos, todos podem conquistar um espaço nessa modalidade esportiva.

A exposição é itinerante e acontece de março a maio. Permanecerá na Clínicas até o dia 31. As próximas estações são Corinthians-Itaquera, da Linha 3-Vermelha, no mês de abril, e Santana, da Linha 1-Azul, em maio. A visitação acontece no horário de funcionamento das estações, das 4h40 à meia-noite.

E no Museu do Futebol…

Léa Campos (Divulgação)

Léa Campos (Divulgação)

Mulheres terão entrada gratuita no Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu, nos dias 15, 22 e 29 de março. A partir deste mês, o Museu do Futebol também dará início a mais um projeto que tem por objetivo divulgar a história da participação feminina no futebol.

Em 14 de março, sábado, quando a entrada é gratuita para todos, ocorrerá, no auditório do museu, o primeiro de uma série de debates mensais. Serão abordados no encontro inicial o calendário de jogos no Brasil, o Campeonato Paulista de futebol feminino e as fórmulas de disputa dos torneios nacionais.

Durante os fins de semana do mês de março, os educadores do museu oferecem jogos e atividades educativas aos visitantes, como o “Mulheres de expressão”, no qual o público toma contato com fotografias de mulheres que marcaram os séculos XIX e XX, e o “Futebol é coisa de quem?”, que aborda a história do futebol do ponto de vista feminino. De um modo lúdico, o visitante é convidado a pensar como seria a história do futebol no Brasil se esse fosse considerado, desde sua origem, como “coisa de mulher”.

A exposição, que terá início no mês de maio, apresentará diversas intervenções no acervo permanente. Nove das quinze salas do museu receberão fotos, curiosidades e vídeos.

Em uma das salas, por exemplo, estarão expostos itens raros sobre o tema, como fotos de Leonor Silva (rainha da torcida brasileira no Mundial de 1938, na França) e de Léa Campos (primeira árbitra a apitar um jogo internacional, em 1971, quando no Brasil ainda era proibido às mulheres participarem de campeonatos oficiais).

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.