São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Virada Esportiva-2016 da cidade de São Paulo tem atrações habilitadas

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Rapel no Sumaré durante Virada Esportiva (Seme/Divulgação)

Rapel no Sumaré durante Virada Esportiva (Seme/Divulgação)

Reportagem atualizada às 9h45 de 25 de agosto de 2016.

Vinte e quatro projetos estão habilitados pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação para a Virada Esportiva da cidade de São Paulo, cuja décima edição será realizada nos dias 24 e 25 de setembro de 2016, uma semana antes das eleições municipais. Tiveram preferência os que tiveram como foco principal modalidades radicais e urbanas. Antes da confirmação final, será feita análise minuciosa dos projetos.

O valor máximo de repasse da Seme para entidades proponentes sem fins econômicos para a realização de eventos da Virada Esportiva-2016 será de R$ 650 mil. Será reservado para a celebração dos convênios o valor estimado de R$ 3,5 milhões (no total) pela secretaria.

O skate, como era esperado, é a modalidade de maior destaque do evento. A Virada Skate Radical, da Federação Paulista de Skate, e a prova Skate Run, da Confederação Brasileira de Esportes Radicais, estão na lista. E a corrida dos skatistas é um dos destaques do evento anual desde o primeiro ano dela, 2013, e no ano passado teve largada e chegada diante do parque do Ibirapuera.

Poderão ser ratificados também Arena Radical, que normalmente é montada no Vale do Anhangabaú, no centro, e o projeto Os Mesatenistas do Futuro, do Instituto Hugo Hoyama, outra tradição da Virada.

Ficaram de fora 4 projetos por não terem cumprido totalmente o edital do chamamento público que foi publicado no mês de julho de 2016. Entre eles estão Arco e Flecha na Virada e Festival Copa Campo Limpo de futsal.

Confira as entidades e projetos habilitados:

Associação Brasileira dos Profissionais de Educação Física e Esporte: Basquete 3×3
Federação Paulista de Judô Master e Supermasters: Judô em Ação
Associação Cultural e Esportiva Hebron – Amigos do Atleta: Brincadeira tem Hora
Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural: Karatê na Cidade
Instituto Hugo Hoyama: Os Mesatenistas do Futuro
Liga de Esportes, Esportes Radicais e Recreativos: Arena Radical
União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região: IV Virada Esportiva em Heliópolis e Região
Federação Paulista de Skate: Virada Skate Radical
Federação Paulista de Esportes Radicais: Open in Line 2016
Federação Paulista de Esportes Radicais: Virada Exchange 2016
Confederação Brasileira de Esportes Radicais: Skate Run
Associação de Esportes de Ação: Adventure Sampa
Associação de Esportes de Ação: Sampa Extreme
Federação do Desporto Escolar do Estado de São Paulo: SS Kids
IDT – CEMA – Instituto de Desenvolvimento, Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente: Copa Brasil de MMA na Virada Esportiva 2016
Associação Paulista pelo Esporte, Lazer e Cultura: Virada nas Alturas
Associação Paulista de Esporte, Cultura e Educação: Arena Patinação
Instituto MDLD: Arena Paradesportiva Radical
Instituto Pangea de Ação Cultural e Esportiva: Virada com Raquetes 2016
Instituto Pangea de Ação Cultural e Esportiva: Pista de Patinação 2016
Instituto Pangea de Ação Cultural e Esportiva: Virada com Hóquei 2016
Instituto Pangea de Ação Cultural e Esportiva: Virada com SUP e Caiaques 2016
Associação Brasileira de Esportes de Ação: Adrena Park
Associação Brasileira de Esportes de Ação: Virada Radical

Leia também:
Confirmado: Virada Esportiva-2016 de São Paulo será mais ‘radical’ e barata
Pesquisa informal: a Virada Esportiva de SP é muito mais que a madrugada

Deixe seu comentário


Enviando esse comentário estou ciente da política de privacidade deste SITE JORNALÍSTICO.