São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Esporte 21/08/2015

4 modalidades, 1 dia, 1 lugar: esporte em SP não para de nos surpreender

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Troféu José Finkel de natação no Pinheiros (Andrei Spinassé/Esportividade)

Troféu José Finkel de natação no Pinheiros (Andrei Spinassé/Esportividade)

São Paulo é uma cidade esportivamente privilegiada, mas muitas vezes o paulistano não se dá conta disso. Na capital paulista é possível ser um espectador poliesportivo no happy hour e passar horas vendo esporte gratuitamente e sem muito esforço. Já escrevemos sobre isso aqui no Esportividade. Mas São Paulo não cansa de nos surpreender.

Como noticiamos nesta semana, havia como fazer uma dobradinha no Esporte Clube Pinheiros, na zona oeste, na noite de quinta-feira, 20 de agosto de 2015. Quem quisesse poderia acompanhar finais do Troféu José Finkel de natação a partir das 18h30, caminhar poucos metros e, às 20h30, assistir ao clássico masculino do handebol Pinheiros x Metodista/São Bernardo, integrante da primeira fase do SuperPaulistão.

Pinheiros x Metodista, clássico do handebol paulista (Andrei Spinassé/Esportividade)

Pinheiros x Metodista, clássico do handebol paulista (Andrei Spinassé/Esportividade)

O que não se podia prever era que o paulistano também teria livre acesso nesse dia aos treinos das equipes pinheirenses adultas profissionais de vôlei e basquete. A de vôlei foi campeã na sexta-feira passada (dia 14 de agosto) da Copa São Paulo feminina e prepara-se para estrear no Campeonato Paulista em 27 de agosto. A de basquete já disputa o Estadual masculino e vai pegar o Jacareí em casa às 18h deste sábado. O ginásio poliesportivo do Pinheiros é usado pelas duas modalidades e pelo handebol.

Só um corredor separa-o da piscina olímpica coberta pinheirense, que foi modernizada e recebe o José Finkel até este sábado (22). O espectador que lá foi ontem viu belos desempenhos dos revezamentos 4×100 livre da casa e vitórias de Leonardo de Deus (200m borboleta), Joanna Maranhão (200m borboleta), Felipe França (100m peito), Taylor McKeown (100m peito) e Miguel Valente (800m livre).

Logo depois disso começou o clássico do handebol, que foi uma partida acirrada, vista por pouco mais de 100 pessoas, que terminou empatada (29 a 29). Até literalmente o último segundo houve emoção e incerteza quanto ao placar, porque o Pinheiros teve uma chance final e desperdiçou-a com uma bolada no rosto de um jogador da Metodista.

Tudo isso o torcedor faz graça e com pouco esforço. O Esporte Clube Pinheiros fica a cerca de 400 metros da estação Cidade Jardim da CPTM.

Leia também:
Como ter um dia repleto de esporte sem muito esforço em São Paulo
Encarando uma ‘maratona’: quatro eventos esportivos no happy hour

Deixe seu comentário