São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Esportividade 27/12/2013

Cinco coberturas jornalísticas que marcaram 2013 do Esportividade

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

O Esportividade estreou em 23 de abril e, desde então, fez coberturas jornalísticas de eventos esportivos nacionais e internacionais na região metropolitana de São Paulo. Neste fim de 2013, escolhemos cinco que renderam boas reportagens. Confira agora nossa seleção e clique nos links abaixo de cada resumo para ler os textos.


Kanaan lidera pelotão (Claudio Capucho/Fotoarena)

Kanaan disputa liderança (Claudio Capucho/Fotoarena)

A primeira cobertura da história do Esportividade, em maio, foi justamente a de um evento que não será realizado em 2014: a São Paulo Indy 300. Saiu em 14 de dezembro no Diário Oficial da capital paulista uma autorização do secretário do Governo Municipal, Roberto Garibe, para “o aditamento do contrato 03/2010-SGM firmado com a Rádio e Televisão Bandeirantes Ltda, objetivando a exclusão da realização da etapa brasileira do campeonato da Indy, edição 2014, prevista no item 1.1 da Cláusula Primeira”. No entanto, em 2013, a prova paulistana foi das mais emocionantes, e nossa reportagem a acompanhou das arquibancadas do Anhembi para relatar a reação do público.

Público vibra com Kanaan e se entretém com disputas finais
Público de arquibancada pode livremente ver garagens da Indy


DJ em ação durante Brasil x França no Ibirapuera (FIVB/Divulgação)

DJ em ação durante Brasil x França no Ibirapuera (FIVB/Divulgação)

Em jogos da primeira fase da Liga Mundial, Brasil e França enfrentaram-se duas vezes no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, em 28 e 29 de junho. Cada equipe venceu uma partida, mas retratamos a “americanização” da torcida brasileira, que era conduzida por um DJ, cujas músicas tocavam até segundos antes de um jogador sacar, o que inclusive gerou reclamação do brasileiro Leandro Vissotto. Além disso, mostramos os desafios do público do primeiro jogo, que foi ao ginásio durante a manhã de uma sexta-feira normal de trabalho, e perguntamos aos espectadores se eles conheciam a nova geração da seleção brasileira masculina.

Brasil x França no Ibirapuera tem “americanização” do ato de torcer
Torcedores têm de superar obstáculos para ver jogo na manhã de sexta
Torcida se adapta à renovação, e Bruno e Lucão são os mais lembrados


Torcida do Olympiacos em Barueri (Samuel Vélez)

Torcida do Olympiacos em Barueri (Samuel Vélez)

A Copa Intercontinental de basquete voltou a ser disputada e reuniu os campeões de Euroliga, o Olympiacos, e Liga das Américas, o Pinheiros. A equipe brasileira foi derrotada em ambos os jogos no José Corrêa, em Barueri, em 4 e 6 de outubro, e quem deu show foi o time grego e sua torcida, formada basicamente por gregos naturalizados brasileiros e brasileiros descendentes de gregos. Também abordamos a deficiência da reposição de jogadores no Brasil, ponto levantado por integrantes das duas equipes.

Torcida do grego Olympiacos faz barulho no primeiro jogo em Barueri
Derrota do Pinheiros para time grego expõe problema da falta de rotação


Até cachorro viu o São Paulo Grand Slam (FIVB/Divulgação)

Até cachorro viu o São Paulo Grand Slam (FIVB/Divulgação)

O São Paulo Grand Slam, o penúltimo da temporada do World Tour da Federação Internacional de Vôlei, levou “praia” ao parque Villa-Lobos de 8 de 13 de outubro de 2013. As finais masculina e feminina contaram com bom público, e as duplas Bruno Schmidt/Pedro Solberg (brasileiros) e Kerri Walsh (tricampeã olímpica)/April Ross foram as campeãs. Mas o que mais chamou a atenção de nossa reportagem foi a liberdade dada aos espectadores. Alguns deles assistiram às partidas com seus cachorros.

Espaço de diversidade, arquibancadas do SP Grand Slam têm até cachorros


Final do Super 10 em Barueri (João Pires/FOTOJUMP)

Final do Super 10 em Barueri (João Pires/FOTOJUMP)

Em 19 de outubro, um sábado de muito esporte, vimos de perto duas modalidades bem distintas, futsal e rugby, em duas cidades da região metropolitana de São Paulo relativamente distantes, São Bernardo do Campo e Barueri. A jornada começou com Brasil x Argentina, amistoso feminino de futsal no Poliesportivo Adib Moysés Dib, e terminou com Pasteur x SPAC, final do Super 10, o Campeonato Brasileiro de rugby.

De São Bernardo a Barueri, de futsal a rugby: um sábado de muito esporte

Deixe seu comentário