São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 01/03/2016

Com percurso ousado e um pouco de tudo, ASICS SP City Marathon estreia

Por Esportividade
Maratona da ASICS tem como grande destaque o percurso (Cassio Roosevelt/ ASICS)

Maratona da ASICS tem como grande destaque o percurso (Cassio Roosevelt/ASICS)

A cidade de São Paulo ganhou uma nova maratona em 2016. A ASICS São Paulo City Marathon-16 foi lançada com uma proposta diferente da Maratona Internacional de São Paulo, cuja 22ª edição acontecerá neste ano. Enquanto na prova organizada pela Yescom largada e chegada são no mesmo lugar, a avenida Pedro Álvares Cabral, na que será feita pela Iguana Sports em 31 de julho serão em dois pontos diferentes: a praça Charles Miller (Pacaembu) e o Jockey Club.

Depois de deixarem a Charles Miller, os aletas passarão pela avenida Pacaembu e pegarão o Minhocão. Quando saírem do elevado, iniciarão a passagem pelo centro histórico paulistano. Eles correrão diante do Theatro Municipal, cruzarão o viaduto do Chá e se dirigirão à região da praça da Sé. A subida da Brigadeiro Luís Antônio também estará presente nessa maratona, assim como a descida logo após o cruzamento com a avenida Paulista.

O parque do Ibirapuera não poderia ser ignorado, e, após o contornarem pela Pedro Álvares Cabral e pela República do Líbano, os participantes acessarão a Antônio Joaquim de Moura Andrade rumo à Juscelino Kubitschek.

Cruzarão a marginal do rio Pinheiros por meio de túnel e correrão na Lineu de Paula Machado. Vão passar pela ponte da Cidade Universitária e vão trafegar pela avenida Professor Fonseca Rodrigues, a do parque Villa-Lobos, antes de voltarem à Cidade Universitária. Após mais alguns quilômetros percorridos na USP, retornarão à região do Jockey Club de São Paulo, onde concluirão os 42,195 km.

Região do Jockey em 2016 recebe chegada da maratona e da meia (Cassio Roosevelt/ ASICS)

Região do Jockey em 2016 recebe chegada da maratona e da meia (Cassio Roosevelt/ASICS)

Faz parte do evento uma prova “half marathon”, de 21,097 km. O percurso da meia terminará também no Jockey Club, na zona oeste, pouco após os atletas saírem do túnel que passa sob o rio Pinheiros.

A ASICS São Paulo City Marathon, assim, une diversos percursos tradicionais de corridas em São Paulo: o do Pacaembu, o do centro histórico de SP (com um pouco de São Silvestre), o do Ibirapuera (sem a av. Rubem Berta), o da região do Jockey Club e o da Cidade Universitária. Disputar essa maratona será como fazer diversas provas dessas dentro de uma só.

Percurso da maratona da ASICS de São Paulo

Percurso da maratona da ASICS de São Paulo

As inscrições (clique aqui) custam R$ 150. Serão encerradas dez dias antes do evento, podendo o prazo ser prorrogado devido à disponibilidade. E, caso seja atingido o limite de inscritos, serão fechadas imediatamente. Integram o kit da prova da ASICS camiseta, toalha, boné e sacochila.

Como se trata de uma prova enorme quanto ao percurso, a largada vai ser autorizada bastante cedo, a partir das 6h para o pelotão geral — com três “ondas”, a última delas às 6h20.

Segundo o site Sua Corrida, da Iguana, a altimetria do percurso contempla 380 m de elevação, considerando todas as subidas, e 420 m de descidas.

Concorrência acirrada

Antes mesmo da divulgação da ASICS São Paulo City Marathon, a Yescom, observando o surgimento de uma concorrente, enviou para a imprensa um comunicado que dizia: “A prova [Maratona Internacional], com mais de duas décadas, é um exemplo para uma maratona realizada em uma grande cidade como São Paulo. Ela tem a facilidade de proporcionar, por exemplo, o mesmo local para largada e chegada, sem dúvida uma comodidade importante para o atleta que terá pela frente os mais de 42 quilômetros. O percurso, mas técnico e agradável, está totalmente de acordo com as necessidades de São Paulo, numa convivência perfeita com os moradores”.

Organizadores da ASICS São Paulo City Marathon prometem entregar um evento de uma qualidade superior e proporcionar ao atleta uma experiência mais marcante.

“Percebemos espaço para a realização de uma maratona em São Paulo e vamos evoluir, oferecendo ao corredor uma prova de alta qualidade, toda a nossa excelência em estrutura e organização, sem deixar de lado quem corre 21 km e que acompanhou as meias maratonas da ASICS nos cinco mais recentes anos”, afirmou Paulo Carelli, diretor de prova da Iguana Sports, responsável pela organização da ASICS Golden Run.

“Nossa ideia é realizar um evento sempre na mesma época para que o público se programe para participar dele, competindo ou torcendo.”

Deixe seu comentário