São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 26/03/2019

Corredor de rua pode evitar ‘roubadas’ ao consultar o site da Receita Federal

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Corredores no parque do Povo (Esportividade)

Uma medida simples pode fazer com que o participante de corridas de rua evite uma empresa organizadora que não seja do ramo ou que esteja inapta para a prestação de serviço. Uma rápida consulta no site da Receita Federal tira algumas dúvidas sobre a companhia da qual se pretende obter informações.

O corredor inicia a busca (clique aqui) inserindo de forma direta, sem pontos, barra e traço, o número do CNPJ da empresa, que pode ser encontrado na página do evento dentro do site de inscrições ou no próprio regulamento. Caso não seja localizado, pode-se recorrer ao Google – digitando algo como “nome da empresa cnpj”.

Na tela seguinte, visualiza as atividades econômicas. O mais indicado é que a subclasse “Produção e promoção de eventos esportivos” apareça como uma delas, uma vez que é bem específica. “Serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas” também é uma subclasse de organização de eventos.

Outro ponto de atenção é a situação cadastral, já que, em 2018, a Receita Federal considerou “inaptas” várias empresas por omissão de declarações. É recomendado conferir se a organizadora em questão está “ativa”.

Vale a pena também fazer uma busca no Google, no Reclame Aqui e no Facebook para verificar a credibilidade e o histórico da pessoa jurídica que está à frente da corrida. Tomando esses cuidados, dores de cabeça são evitadas.

Comentários


  • Maria Da Penha De Almeida Rodrigues disse:

    Ainda vai ter a corrida Vamos Passear

  • Mario Antonio Domenegheti disse:

    Uma boa dica! Mas tem site de vendas de inscrições que mesmo assim, sabendo que o organizador está praticando estelionato, contínua vender inscrições para prova que nunca vai ocorrer e não devolve o dinheiro sob alegação de que é intermediário…foi o que aconteceu com o Site “Minhas Inscricões” continuou vendendo inscrições da “Corridas pela Vida” e “Corrida Super 15” mesmo após diversos cancelamentos fraudulentos dos eventos. Mesmo com ampla reclamação na mídia por parte dos inscritos, continuaram a vender as inscrições, uma clara conivência com uma empresa inidônea em detrimento dos inscritos.

    • Esportividade disse:

      Olá, Mario! Só podemos falar pelo nosso site, e aqui no Esportividade temos adotado critérios para a divulgação dos eventos. Sobre os outros, é válido entrar em contato com eles para alertá-los para essas situações. Bom dia!

  • Deixe seu comentário