São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Vôlei 29/01/2014

Diário de espectador: é dia de feira, mas também de vôlei em Barueri

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Feira livre em frente ao José Corrêa, em Barueri (Andrei Spinassé/Esportividade)

Feira livre em frente ao José Corrêa, em Barueri (Andrei Spinassé/Esportividade)

Terça-feira é dia da grande feira livre noturna diante do ginásio José Corrêa, em Barueri. Em 28 de janeiro de 2014, também foi dia de vôlei no local. Das arquibancadas do ginásio era possível avistar, através do portão principal, as barracas na rua. Uma cena curiosa, tão surpreendente quanto o desempenho da equipe local contra o Praia Clube e a presença da torcida barueriense.

O time feminino de vôlei de Barueri é novo, do ano passado, e surgiu como resultado direto do fracasso do projeto de Jacareí. O jogo contra o Praia Clube, que, apesar do nome, é de Uberlândia (MG), foi apenas o décimo do elenco barueriense em casa – três pelo Campeonato Paulista de 2013 e sete pela temporada 2013/2014 da Superliga. Apesar do pouco tempo de existência da equipe, houve boa presença de público, levando-se em consideração o número de espectadores em outras cidades da região metropolitana.

O José Corrêa é, sem dúvidas, um dos melhores ginásios do Estado de São Paulo. Em 2013, sediou a Copa Intercontinental de basquete entre Pinheiros e Olympiacos, com título dos gregos, e evento do UFC que teve como principal luta da noite Demian Maia x Jake Shields, com vitória do norte-americano. Tem, segundo a prefeitura, capacidade para 5 mil pessoas estacionamento para 480 veículos. Em jogos normais e gratuitos da Superliga, portanto, é fácil encontrar onde estacionar e assentos disponíveis.

Barueri x Praia Clube (Andrei Spinassé/Esportividade)

Barueri x Praia Clube (Andrei Spinassé/Esportividade)

A equipe da casa, liderada pela oposto Renatinha, impediu que o Praia Clube, de jogadoras como as irmãs gêmeas Michelle e Monique, a cubana Herrera e a campeã olímpica de 2008 Mari, obtivesse sua nona vitória consecutiva. E a vitória barueriense foi por 3 sets a 0. Além de Renatinha e da líbero Bel, Fê Isis, Fernandinha, Mari Paraíba, Renata Maggioni e Sonaly compuseram a equipe que pôde ser considerada a titular. A tendência é que Barueri dispute até o fim desta fase classificatória a oitava posição, e então a classificação às quartas de final, com o São Cristóvão Saúde/São Caetano.

O público compareceu em bom número ao ginásio, e as músicas de O Rappa foram as mais tocadas do dia. Inclusive “A Feira”. O animador de torcida, porém, soava um pouco artificial nas vezes em que pedia apoio a Barueri. Os maiores momentos de vibração eram espontâneos.

Ao fim do jogo, os torcedores ainda puderam pedir autógrafos às jogadoras de ambos os times, tirar fotos com elas e, em seguida, comprar comida na feira.

Leia também:
Paulo Sérgio: Barueri não gastará com UFC nem pagará salário de time
Barueri salva time de Jacareí e entra na Superliga feminina de vôlei

Mais reportagens da série especial:
Vôlei: jogo em São Caetano é “uau”, mas banheiros deixam a desejar
Público fica mais distante do jogo em São Bernardo, mas com mais espaço
Como em Osasco, vôlei no Sesi é gratuito e com jogadores de seleção
Dia de espectador: saiba como é ver jogo de vôlei no Sesi Vila Leopoldina
Gratuito, jogo de vôlei em Osasco é garantia de animação e alto nível
Vôlei: com paródias musicais, torcida de Osasco faz a festa no Pinheiros

Deixe seu comentário