São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Automobilismo 11/04/2014

Entrada dos boxes de Interlagos será alterada; confira mais modificações

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Ricardo Maurício comemora título com "zerinho" diante do setor A (AndreI Spinassé)

Ricardo Maurício comemora título com “zerinho” diante da entrada dos boxes atual

Pouco menos de 25 anos depois da grande reforma que alterou o traçado de Interlagos e criou novos boxes, outras importantes obras, só que nem tão grandes assim, começarão a ser feitas. A Prefeitura de São Paulo, dona do autódromo, que tem quase 74 anos, já sabe como atender aos pedidos da Fórmula 1 e, ao mesmo tempo, não ultrapassar os R$ 160,8 milhões que o Ministério do Turismo disponibilizou para tal fim. Até 15 de julho de 2014 a SPObras, empresa vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, quer emitir uma ordem de serviço para a primeira de quatro partes do plano ser iniciada. Nela estão presentes o recapeamento de toda a pista, uma alteração na entrada dos boxes e uma leve mudança na saída do pit lane.

Os carros da Fórmula 1 usarão as novidades pela primeira vez em 7 de novembro, primeiro dia de treinos – e a prefeitura tem até o início de outubro para entregá-las. A entrada dos boxes é um dos pontos mais críticos do atual circuito, tanto que, de maneira paliativa, foi pintada uma faixa no asfalto para os pilotos que vão ao pit lane mantenham-se à esquerda antecipadamente e haja menos chance de acidente por falta de visão de quem vem atrás – e mais veloz. Felipe Massa foi punido no GP Brasil-2013 justamente por queimá-la. A partir da etapa brasileira deste ano, esse local da pista estará mais seguro.

Logo depois do muro, existe um barranco. No entanto, por meio de um aterramento e com a ajuda de um muro de contenção para segurar a terra, haverá mais espaço à esquerda, possibilitando a criação de um acesso aos boxes mais afastado do traçado de corrida. Segundo Omir Abílio de Almeida, chefe de gabinete de presidência da SPObras, ainda será introduzido nesse trecho um “S” para que seja reduzida a velocidade de quem se dirige às garagens. “Aquele muro que existe na entrada dos boxes tira um pouco da visibilidade de quem passa pela Reta dos Boxes”, disse. “A sinalização de solo é um paliativo para aumentar um pouco a segurança. O muro vai passar para outra posição, mais afastada, com o alargamento da plataforma. A entrada dos boxes terá inclusive uma chicane para quebrar a velocidade e será um pouco mais longa. A saída passará por uma pequena readequação.”

Será usado um sistema chamado terra armada, que utiliza placas de concreto pré-moldadas, para que a construção do muro de contenção seja mais rápida. Quando os equipamentos da repavimentação asfáltica chegarem finalmente aos dois pontos, estes já precisam estar concluídos, pois o recapeamento da pista tem de ser contínuo para se evitarem ondulações.

A SPObras espera fechar um contrato até o dia 15 de julho de 2014. A partir dessa data, a companhia que for executar os serviços já poderá encomendar materiais e providenciar amostras do asfalto em um trecho desativado do circuito. Escolhida a exata composição do asfalto, a Pirelli será avisada sobre a textura para optar por quais pneus trazer ao Brasil neste ano. Inicialmente será retirada uma camada de 5 cm de asfalto atual por meio de fresagem e, antes de ser colocada uma nova camada asfáltica, será feita uma microfresagem.

Melhorias da estrutura permanente e acessibilidade

Ainda neste ano serão feitas as tradicionais obras nas estruturas permanentes do autódromo para o GP do Brasil de Fórmula 1 e também evoluções no que diz respeito às condições para portadores de deficiência.

Boxes auxiliares

Fórmula Truck em Interlagos em 2013 (Patricia Silva/Esportividade)

Caminhões da Fórmula Truck entram na Curva do Sol (Patricia Silva/Esportividade)

Serão construídos boxes auxiliares na região da Curva do Sol. Omir deixou claro que não se trata de uma exigência da Fórmula 1, mas sim de uma necessidade do autódromo. “Faremos 20 garagens bem simples para aquelas categorias de apoio. Aquele recurso disponível remanescente é o suficiente para cobrir todo esse custo”, afirmou.

Cada box auxiliar terá 6,5 m de largura e será para dois carros. Quando os principais forem fechados para obras e os auxiliares estiverem prontos, estes serão a casa do automobilismo brasileiro.

A SPObras espera dar uma ordem de serviço para o início da construção dessas garagens até 30 de julho. A previsão é que demorem seis meses para ficarem prontas. Após as 6 Horas de São Paulo do Campeonato Mundial de Endurance, em 30 de novembro, o autódromo deverá ficar fechado até que os boxes auxiliares estejam concluídos.

A ideia é que, depois da reforma dos principais, essas novas garagens sirvam para que Interlagos receba mais categorias em um mesmo fim de semana sem haver necessidade de montagem de estruturas provisórias para as equipes.

Reforma dos boxes

Boxes de Interlagos com a Stock Car (Fernanda Freixosa/Vicar)

Boxes de Interlagos com a Stock Car (Fernanda Freixosa/Vicar)

Havia uma licitação em fase de análise de propostas que foi revogada por causa da mudança de planos. Inicialmente, pensava-se em construir um novo complexo de boxes na Reta Oposta, que viraria a de largada das provas de Fórmula 1. Seriam necessárias algumas mudanças no traçado, como o alargamento da própria Reta Oposta, bem como a alteração do que seria a nova primeira curva para haver uma maior distância da linha de partida até ela. De acordo com Omir, foi a Fórmula 1 quem pediu revisão de planos.

“Seria [para a F1] preferível usar o mesmo posicionamento existente hoje em dia”, contou Omir. “Seria mais conveniente para todos. Isso então foi levado à prefeitura. Mas criaria um problema. Temos recursos liberados pelo Ministério do Turismo com valor fixado e, evidentemente, a prefeitura solicitou um estudo sobre os custos de se fazer uma reforma bastante intensa nos boxes atuais, com ampliação deles, e, principalmente, com aumento da retaguarda para que as equipes se sintam um pouco mais estruturadas e protegidas para seu desenvolvimento.”

Serão construídos três novos boxes em direção ao heliponto para que a FIA possa usá-los nos GPs do Brasil para vistoria de carros, parque fechado. Os demais passarão por profundas alterações, como aumento do pé-direito e consequente mexida em todos os andares superiores.

Atual paddock de Interlagos (Andrei Spinassé/Esportividade)

Atual paddock de Interlagos (Andrei Spinassé/Esportividade)

Além da modernização dos boxes, serão erguidos novos prédios na área de paddock. Os que hoje existem lá não atendem adequadamente à demanda da Fórmula 1 como locais de depósito, sala de reuniões e restaurantes e não são contínuos. Para que haja mais espaço entre essa estrutura de apoio e as garagens, parte da “rua” atrás do complexo será pega, mas a via continuará. Dos boxes principais à estrutura de apoio haverá uma leve cobertura, uma lona branca, com estrutura metálica de sustentação. “Em 2015, ninguém se molhará lá”, disse Omir, segundo o qual, com as novas salas de apoio, muito do material acumulado nos boxes e no paddock em si irá para lá, o que garantirá mais espaço às equipes.

Os boxes reformados têm de ser entregues 30 dias antes da realização do GP de 2015. O contrato da Fórmula 1 com São Paulo foi renovado até 2020.

Outras obras

Na saída do S do Senna, será colocado softwall, muro presente hoje em dia na Curva do Café, cujo objetivo é o carro deslizar por ele e não retornar à pista. Quando forem feitos os boxes auxiliares, a própria área de escape da saída do S do Senna será ampliada. “Na terraplenagem para encaixarmos os novos boxes deixaremos um pouco mais de área disponível para uma eventual desgarrada de algum carro”, contou Omir.

Serão ao todo quatro licitações, e os serviços das empresas vencedoras das duas primeiras precisam ser concluídos para o GP de 2014, marcado para 9 de novembro.

Leia também:
Interlagos: novo projeto prevê boxes reformados e construção de auxiliares
Prefeitura de São Paulo renova contrato com a Fórmula 1 até 2020
Prefeito Haddad diz que reforma de Interlagos tem verba federal garantida
Inglês ex-piloto de F1 faz alerta sobre novos boxes e paddock de Interlagos
Interlagos: Prefeitura abre licitação para construção de novos boxes

Você também pode se interessar por…
Stock Car: público valoriza redução de preço, mas critica falta de estrutura
Público da Stock aponta dificuldades de estacionamento em Interlagos
Filtros solares foram barrados no GP de Brasil de Fórmula 1, diz torcedor
Ayrton Senna divertia-se com voltas “na contramão” em Interlagos
De nome oficial errado a hino: veja leis curiosas criadas para Interlagos
Autódromo de Interlagos vira parque de diversões com as 6h de São Paulo

Ou clique aqui e confira quais corridas estão previstas para este ano.

Deixe seu comentário