São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Corrida de rua 26/01/2016

Esporte ‘salva’ pq. da Independência, o do museu do Ipiranga, do marasmo

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Caminhantes fazem aquecimento; corredores finalizam prova (Esportividade)

Caminhantes fazem aquecimento; corredores finalizam prova (Esportividade)

O Museu Paulista, mais conhecido como museu do Ipiranga, está fechado para reformas ainda sem prazo de conclusão desde agosto de 2013 – mas com intenção de estar aberto nos 200 anos da independência brasileira, em 2022. E, desde então, a cultura deu lugar ao esporte como o carro-chefe do parque da Independência, na zona sul de São Paulo. Não fosse isso, pouca gente iria a um dos cartões-postais da capital paulista. Mas 3.243 corredores e mais de mil caminhantes lá estiveram no domingo passado, 24 de janeiro de 2016, véspera do aniversário da cidade. Eles participaram do Circuito da Longevidade.

Percurso e altimetria da prova (RunKeeper)

Percurso e altimetria da prova (RunKeeper)

O esporte não deixa os paulistanos se esquecerem das belezas daquele lugar. A largada e a chegada dos 6 km aconteceram justamente na subida, com vista para o museu. Os caminhantes puderam chegar ainda mais perto do prédio, inaugurado em 1895, e lamentar o fato de estar fechado.

A estreia de muitos paulistanos no museu do Ipiranga foi com colegas de classe em excursões escolares. Devido ao fechamento, as crianças de agora, porém, não sabem o que é isso, e o esporte lhes propicia (como caminhantes no Circuito da Longevidade) o primeiro contato com o pq. da Independência. Não só corridas de rua como Longevidade são tradicionais do local: a prática de skate é bastante forte lá, principalmente por causa da ladeira, que vai dos jardins ao monumento à Independência.

Corridas em espaços históricos da cidade fazem as pessoas redescobrirem as belezas da metrópole. Ainda mais quando as construções públicas não podem ser exploradas devidamente pelo cidadão…

Doação

Largada da etapa de São Paulo (Bradesco Seguros)

Largada da etapa de São Paulo (Bradesco Seguros)

De acordo com a assessoria de imprensa da Bradesco Seguros, a Casa Espírita Apóstolo Simão Pedro recebeu o valor equivalente ao da renda obtida com as inscrições no evento. A iniciativa se repete em todas as cidades em que o Circuito da Longevidade é realizado. Desde que foi criado, em 2007, mais de R$ 2,6 milhões já foram doados. Fundada em 1973, a Casa Espírita Apóstolo Simão Pedro é uma instituição sem fins lucrativos que atende idosos em regime de internato.

Os corredores pagavam R$ 20 (com mais R$ 7,50 de taxa de serviço do site Ativo) pela inscrição. Idosos e caminhantes tinham R$ 50% de desconto. A Bradesco Seguros patrocina o evento destinando a ele parte do que pagaria como Imposto de Renda – Lei de Incentivo ao Esporte.

Museu em obras

Museu Paulista em obras (mp.usp.br)

Museu Paulista em obras (mp.usp.br)

Há três frentes principais de trabalho no que se refere à preservação do patrimônio histórico do Museu Paulista: diagnóstico para restauração das fachadas; sustentação e consolidação dos forros; salvaguarda dos acervos. Outras iniciativas dizem respeito ao Plano de Expansão do Museu Paulista.

Segundo reportagem da “Folha de S.Paulo” publicada nesta semana, “muito pouco mudou desde que o museu do Ipiranga foi fechado às pressas há dois anos e meio depois de um alerta de que os forros do teto poderiam desabar” e “não há, ainda, um orçamento definido nem planos concretos para a recuperação do prédio”.

Comentários


  • walter gomes disse:

    Gostaria de receber noticias e publicações sobre corridas de rua

    • Esportividade disse:

      Oi, Walter! Por favor, deixe comentários nas páginas das corridas que despertarem seu interesse. É assim que fazemos o envio de e-mails aos corredores. Obrigado!

  • Deixe seu comentário