São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS
Automobilismo 16/04/2014

Prefeitura estima gastar R$ 37,8 mi na primeira etapa de obras em Interlagos

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Pit stop da primeira corrida de 2014 da Stock Car (Andrei Spinassé/Esportividade)

Pit stop da primeira corrida de 2014 da Stock Car (Andrei Spinassé/Esportividade)

A SPObras estima um gasto total de R$ 37.851.818,50 para a execução do recapeamento completo do autódromo de Interlagos, a alteração de entrada e saída dos boxes e obras complementares. A empresa, da Prefeitura de São Paulo e vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, publicou nesta quarta-feira, 16 de abril, o edital de concorrência e todo o material para ser lido, analisado e assinado por empresas interessadas em participar da licitação, que devem enviar propostas até 20 de maio. A SPObras espera emitir uma ordem de serviço até 15 de julho, e a companhia vencedora terá até 9 de outubro, um mês antes do GP do Brasil de Fórmula 1 de 2014, para terminar as obras. O que vale é o menor preço – desde que a documentação apresentada esteja completa.

Trata-se da primeira de quatro etapas até a entrega dos boxes reformados e da retaguarda ampliada, em outubro de 2015, também um mês antes da prova brasileira. Na próximas semanas vão ser abertas outras duas licitações: uma para manutenção da estrutura permanente e de melhorias das condições para pessoas com mobilidade reduzida e outra para construção de boxes auxiliares na Curva do Sol, aquela logo depois do S do Senna.

O Ministério do Turismo, por meio do PAC Turismo, disponibiliza R$ 160,8 milhões para as obras em Interlagos. Essa verba começou a ser usada já com serviços para o GP do Brasil de 2013 e terminará de ser utilizada em 2015. As três etapas seguintes poderão usar pouco mais de R$ 105 milhões, no total.

Região da entrada dos boxes (Andrei Spinassé/Esportividade)

Região da entrada dos boxes (Andrei Spinassé/Esportividade)

No edital, já publicado, a SPObras explica a alteração da entrada dos boxes da seguinte maneira: “Reconfiguração de todo traçado desde o acesso na reta principal, conformando uma chicane, promovendo, assim, maior segurança às operações (pit stop) das equipes e aos próprios pilotos durante o uso e a ocupação do pit lane”.

Sobre a saída dos boxes, diz o seguinte: “Reconfiguração do traçado, principalmente junto ao S do Senna [segunda perna], de modo a estabelecer uma área de escape mínima nas proximidades do posto de sinalização 3, para a melhoria das condições de segurança da própria curva dois (S do Senna), incluindo ainda o encaixe da saída dos boxes com a pista”. A área de pit lane ainda terá revisões e complementações do sistema de drenagem.

Haverá ampliação à esquerda na região da entrada dos boxes. Para tanto, será preciso um aterramento com a ajuda de um muro em terra armada, já que, logo após o muro atual, existe um declive acentuado.

Clique no link abaixo para ler todos os detalhes sobre as obras:
Entrada dos boxes de Interlagos será alterada; confira mais modificações

Deixe seu comentário