Guia de São Paulo - região metropolitana

Fechar

Nome

Modalidade

Localidade

Proximidade

Insira um CEP. Exemplo: 01310-000

Data

Intervalo de datas

Exemplo: 01/01/2013

Evento para

Gratuito

 

Evento para


Acontece na cidade

Cidade de São Paulo 17/02/2017

Secretário: ‘É inadmissível haver sete corridas em um fim de semana em SP’

Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade
Compartilhar
Curva final da Caminho da Paz-2016 (Esportividade)

Curva final da Caminho da Paz-2016 (Esportividade)

O secretário de Esportes e Lazer da cidade de São Paulo, Jorge Damião, criticou o excesso de corridas de rua por fim de semana na capital paulista. Disse que não pode interferir nas já programadas para este ano, mas que, para 2018, a secretaria terá outra postura ao lidar com o calendário.

“É inadmissível haver sete corridas em um fim de semana”, afirmou em entrevista exclusiva ao Esportividade. “E todos perdem com isso. Não passa pela nossa cabeça acabar com qualquer corrida, e nem nos cabe isso. Temos de organizar o calendário da cidade. A CET não tem condições de trabalhar efetivamente com qualidade, bem como a Polícia Militar, por exemplo. Você mexe com a cidade e tem de se preocupar com o hospital, o morador, o deslocamento. A cidade precisa ser pensada como um todo.”

Jorge Damião, secretário de Esportes da cidade de São Paulo (Esportividade)

Jorge Damião, secretário de Esportes da cidade de São Paulo (Esportividade)

Mas ele declarou que “é injusto cortar corridas de 2017, pois as pessoas já se programaram e elas merecem respeito”. Já para o ano de 2018 haverá outra organização de calendário.

O dia 4 de setembro de 2016, quando o prefeito ainda era Fernando Haddad, foi um dos mais agitados da história das corridas paulistanas. Em um mesmo dia foram realizadas na cidade de São Paulo as seguintes provas:

  • Gear Up! Bike Challenge (marginal do Pinheiros; prova ciclística)
  • Venus 15K SP (região do Jockey Club)
  • 13º Ayrton Senna Racing Day (autódromo de Interlagos)
  • Corporate Run (região do Ibirapuera)
  • Maratona de Equipes do Sesc Bom Retiro
  • Etapa Jabaquara/Ipiranga do Circuito Popular (Jardim Botânico)
  • Circuito New Time Sports (Parque Ecológico do Tietê)
  • Corrida Cartoon Network (Campo de Marte)

O dia 6 de novembro de 2016 também foi bastante simbólico, e duas provas, Caminho da Paz e Meia Maratona Athenas SP, formaram praticamente um grande corredor da ponte Transamérica até o parque do Ibirapuera:

  • Corrida e Caminhada Saúde do Homem A.C.Camargo (USP)
  • Meia Maratona Athenas SP (marginal do Pinheiros)
  • Caminho da Paz (da avenida República do Líbano ao parque do Povo)
  • Etapa Peru da Série Delta (região do parque da Independência)
  • 2ª Corrida Paz no Coração (parque Jacuí)

No dia anterior (5 de novembro de 2017) ainda havia acontecido a Rolling Stone Music & Run de 2016 na região do Memorial da América Latina.

O calendário de 2017, feito pela gestão anterior, ainda tem traços desse excesso: Unlimited Sports tem agendada a primeira etapa do triatlo TRIDAY Series na Cidade Universitária, fazendo uso das vias da região, e ali perto, com largada e chegada no Jockey Club, Disney Princesa Magical Run, da Norte, estará em andamento.

Compartilhar

Comentários

  • Ronaldo disse:

    Boa tarde na minha opinião a nossa cidade pode sim ter várias corridas pois é uma cidade grande e vários locais para fazer corridas , concordo que essas corridas não podem ser próximas uma das outras pois pode causar transtornos mas um exemplo uma corrida em cada região zona leste ,norte ,sul,oeste e central não haveria problemas

  • Felipe Alves disse:

    Se fosse o secretário dos transportes falando, vá lá, mas é o dos esportes!!! Devia brigar para ter mais corridas e não menos.
    Sempre esse papo fake de atrapalhar hospital. Meu, esporte não é só entretenimento, é política pública de saúde. Deveria buscar ter mais corridas e organiza-las com criatividade. Sem contar que o trabalho da CET e dá PM são pagos pelos organizadores.

  • Luiz Fernando Pacheco disse:

    Quanto à idéia de diminuição/restrição de provas nos finais de semana dada pelo eminente sr. Secretário, não concordo muito. Tirando esses casos de excesso de provas num mesmo dia, que vocês bem apontaram, acho que todos nós lutamos e queremos uma maior diversidade de provas, percursos, estilos, organizadoras e preços (principalmente) nas nossas corridas de rua… Havendo diminuição de provas e datas na cidade, seria um risco e incentivo a “monopólio” ou “cartel” de organizadoras… Grande abraço e boas provas a todos!

  • walter menezes disse:

    Não concordo, o secretário não entende muito de corrida, Corrida no Ecológico , no Jacuí, no do Carmo, não contam,são ambientes fechados,além do mais domingo é dia de deixar o carro em casa.

  • Eduardo disse:

    É lamentável que um [editado] e [editado] como esse Jorge Damião assuma uma pasta tão importante e já chegue falando merda. Uma cidade com mais de 12 milhões de habitantes, se 1% participar, serão mais de 120 mil pessoas, que resultaria em mais de 17 mil para cada uma das 7 corridas. O Secretário deveria estar preocupado em acabar com esse lóbi de empresas como a Yescom, que cobram taxas de inscrição absurdas, estimular novas empresas que ofereçam taxas mais condizentes para nós termos mais de 10 corridas em um final de semana e 10% dá cidade deixar o sedentarismo. Esporte é saúde, os agentes públicos dá pasta de esporte tem o dever e os poderes para estimular!

  • Tiyoko disse:

    Respeito a opinião do Sr. Secretário mas também gostaria de ouvir a opinião dos especialistas em trânsito e segurança pública sobre o assunto.

  • Deixe seu comentário

    Current day month [email protected] *