São Paulo - região metropolitana
BUSCA
DE EVENTOS
BUSCA DE EVENTOS

Centros esportivos municipais de São Paulo funcionam por menos tempo

Por Esportividade

Corredor no parque das Bicicletas (Thiago Oliveira/Seme)

Observação (feita às 18h31 de 22 de janeiro): parques de São Paulo funcionam por só oito horas em dias úteis; confira horário.

Observação (feita às 15h57 de 22 de janeiro): os parques e os centros esportivos de São Paulo ficam fechados em dois fins de semana, mas ainda não em 23 e 24/01.

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo reduziu o horário de funcionamento dos centros esportivos para se adequar à fase Amarela do Plano São Paulo, o qual estabelece pelo governo estadual regras para setores econômicos em meio à pandemia de covid-19. A ocupação máxima nos clubes é de 40% de sua capacidade total.

Passarão a funcionar das 6h às 16h, ainda diariamente, os seguintes centros esportivos: Ceret, parque das Bicicletas, CE Jardim São Paulo, CE Ermelino Matarazzo e Modelódromo Ibirapuera. Os demais ficam abertos das 7h às 17h.

É necessária a utilização de máscara em todos os momentos, inclusive durante os exercícios físicos, nos centros esportivos.

“Esportes coletivos e atividades que promovam o contato físico estão proibidos nos centros esportivos da Prefeitura de São Paulo”, diz a Seme, que recomenda que os usuários dos CEs levem seus próprios squeezes e garrafas individuais com água.

Os centros esportivos municipais de Mooca, Santana, Tietê, Santo Amaro e Barra Funda permanecem fechados ao público, uma vez que são usados pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social para o acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Por enquanto, os parques não tiveram horário alterado.

Deixe seu comentário